Quarta-feira, 17 de Julho de 2024

O BOOM DA NOTÍCIA Quinta-feira, 16 de Março de 2023, 15:34 - A | A

Quinta-feira, 16 de Março de 2023, 15h:34 - A | A

SAIU EM DEFESA

Coronel Assis rebate Lula sobre fala contra policiais e cobra explicações de ministro da Justiça

Da Redação do O Bom da Notícia/Com Assessoria

O deputado federal Coronel Assis (União-MT) rebateu as declarações do presidente Lula (PT) após críticas aos policiais. Durante discurso na tribuna em sessão ordinária na Câmara Federal nesta quinta-feira (16), o parlamentar defendeu a categoria, que foi atacada pelo presidente durante o lançamento do Programa Nacional de Segurança com Cidadania (Prosnaci II).

Durante a assinatura do decreto na quarta-feira (15), Lula afirmou que “dependendo do bairro, a polícia não pergunta o que está acontecendo, tenta resolver da forma mais bruta possível, e isso acontece em toda periferia do país”.

A declaração provocou reação no deputado Coronel Assis, que é ex-comandante da Polícia Militar de Mato Grosso (PMMT). “Isso no mínimo é uma fala discriminatória às mulheres e homens que defendem os brasileiros. Somos a Polícia do povo. Fui policial militar por 28 anos da minha vida e sempre defendi o menos favorecidos. E não aceitarei esse tipo de coisa aqui, enquanto Deputado Federal nesta casa”, asseverou o parlamentar.

O Prosnaci vai distribuir R$ 2 bilhões aos Estados para que o valor seja utilizado em cinco eixos: combate à violência contra a mulher; racismo; apoio às vítimas de violência; políticas voltadas para presos e egressos do sistema prisional; e atuação nos territórios brasileiros.

Na avaliação do Coronel Assis, outros três eixos deveriam ser priorizados para valorizar os profissionais de segurança pública; promover prevenção e combate às drogas e garantia de tratamento aos dependentes químicos; e combate às organizações criminosas.

“Acredito que o programa do Governo Federal deveria atender mais três eixos importantíssimos para a segurança pública do Brasil. Primeiro a valorização dos profissionais da Segurança Pública, porque, esses homens e mulheres fazem toda a diferença sendo a última barreira entre os famigerados infringentes sociais e a sociedade”, detalhou.

Quanto à questão das drogas, o parlamentar afirmou sobre a urgência de se desenvolver medidas de combate ao que considera ser “o maior flagelo atual para a sociedade brasileira”, que são as drogas.

Coronel Assis também defendeu um eixo no Pronasci II que combata às organizações criminosas. “As facções criminosas estão tomando conta do país. Aqui nesta Casa precisamos de Leis que possam impor medo aos corações desses criminosos. Atacar a estrutura e o financeiro dessas organizações criminosas é fundamental”, pontua.

O deputado aproveitou para cobrar esclarecimento por parte do ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, que nesta semana esteve no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro. De acordo com o parlamentar, chama atenção a baixa quantidade de seguranças ao ministro durante a agenda, principalmente, por se tratar de um local, onde em 2022 ocorreram 27 operações policiais e oito confrontos entre facções rivais.