icon Sexta-feira, 18 de Junho de 2021

POLÍCIA Segunda-feira, 30 de Dezembro de 2019, 11:09 - A | A

Após perseguição, membro do Comando Vermelho é preso por tráfico, furto e direção perigosa

O Bom da Notícia

Um homem identificado como membro do Comando Vermelho, Hatos Henrique Soares Vieira, foi preso na manhã do último sábado (28), por volta das 10h30, por tráfico de drogas, posse ilegal de munição, furto e direção perigosa, em Pontes e Lacerda (445km de Cuiabá).  Seu comparsa, Jefferson, também foi preso.

De acordo com informações do 12º Comando Regional de Pontes e Lacerda, os suspeitos foram vistos no bairro Cidade Verde, durante uma ronda. Ambos estavam em uma motocicleta vermelha, e Hatos estava com o capacete na testa. Ele foi reconhecido pelos policiais, pois já havia sido denunciado várias vezes por realizar comércio de entorpecentes na região.

Ao avistar os policiais, a dupla tentou fugir em alta velocidade, ‘ziguezagueando’ entre os veículos. A PM deu ordem de parada com giroflex e sirene, mas foi ignorada. Somente quando a moto parou em um supermercado, os policiais conseguiram abordar os suspeitos.

Dentro da mochila de Jeferson, que estava na garupa, foi encontrada uma sacola preta com substância análoga a maconha, e algumas ferramentas. No bolso de trás de Hatos, uma pequena porção de substância análoga a maconha. Nos celulares de ambos também foram encontradas conversas em redes sociais, onde ficou constatado que eles realizavam o comércio de entorpecentes na região.

No celular de Hatos, ainda, foi constatado que ele era integrante da organização criminosa Comando Vermelho, pois havia uma conversa com um contato identificado como ‘oi’, que é seu padrinho de facção, conhecido como Kaká ou Cerveró.

Nestas mesmas conversas, a Polícia ainda identificou a informação de que Hatos havia levado uma motocicleta roubada para a cidade de Vila Bela da Santíssima Trindade. A motocicleta era a que os suspeitos estavam, e havia sido roubada do pátio de apreensões de veículos da delegacia de Tangará da Serra.


Os policiais continuaram as buscas e, na casa de Hatos, encontraram uma mala de cor rosa contendo oito peças tipo “tabletes” de maconha enroladas em papel filme, quatro munições, sendo três calibre 32 e uma calibre 7.65. Ainda na residência foi encontrada uma trouxa contendo substancia análoga a cocaína, e algumas folhas contendo anotações da contabilidade de vendas de entorpecentes. Foi dada voz de prisão aos suspeitos Hatos e Jeferson pelos crimes de direção perigosa, tráfico ilícito de drogas, associação para o tráfico, furto e posse ilegal de munições.



Imprimir

Comentários