Quarta-feira, 29 de Maio de 2024

POLÍCIA Sábado, 20 de Abril de 2024, 17:55 - A | A

Sábado, 20 de Abril de 2024, 17h:55 - A | A

EM FLAGRANTE

Polícia Militar prende dupla e apreende 21 tabletes e 235 porções de drogas em Sorriso

O Bom da Notícia/ com assessoria

Equipes da Polícia Militar de Sorriso prenderam dois homens, de 28 e 20 anos, por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo, no final da noite desta sexta-feira (19.04), no município. Com a dupla, foram apreendidos 21 tabletes e 235 porções de substâncias análogas a maconha, pasta base e cocaína. Uma espingarda também foi apreendida.

Durante a Operação Vitae, que integra as forças de segurança do Estado no combate às facções criminosas, a PM recebeu informações sobre dois homens que estariam com grande quantidade de drogas, em um veículo Gol branco. Segundo as informações, a dupla estaria realizando o abastecimento de pontos de vendas de drogas do município.
 

As equipes policiais iniciaram diligências e abordaram o veículo na avenida dos Imigrantes. Em revista pessoal aos homens, nada de ilícito foi encontrado. Já na vistoria veicular, os militares localizaram os 21 tabletes de drogas, entre maconha, pasta base e cocaína, dentro do porta-malas do Gol.

Questionados sobre o material, os homens confessaram que estavam distribuindo as drogas em alguns pontos da cidade, a mando de uma organização criminosa. Os suspeitos ainda afirmaram que teriam mais materiais ilícitos em suas residências.

Na sequência, a PM se deslocou aos endereços dos criminosos para continuidade das buscas. Na casa de um deles, uma espingarda e 35 porções de maconha foram encontradas. Já na segunda residência, o restante das porções da mesma droga foram localizadas pelos policiais, além de balanças de precisão e materiais para embalagem.

Os dois suspeitos receberam voz de prisão em flagrante e foram conduzidos para a Delegacia de Sorriso para registro da ocorrência e demais providências.

Disque-denúncia   

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.