Domingo, 21 de Julho de 2024

POLÍCIA Sexta-feira, 25 de Agosto de 2023, 09:18 - A | A

Sexta-feira, 25 de Agosto de 2023, 09h:18 - A | A

ESTAVA FORAGIDO

Procurado por triplo homicídio em Rondonópolis é preso em Cuiabá

O Bom da Notícia/com Assessoria

Um criminoso de alta periculosidade, procurado pela Polícia Civil de Mato Grosso como autor de diversos homicídios ocorridos em Rondonópolis, foi preso nesta quarta-feira (23), na Capital. Edresson Fábio Vieira de Souza estava com quatro mandados de prisão em aberto, um deles pelo homicídio de um comerciante morto dentro de centro de comércio popular de Rondonópolis, em dezembro passado.

O criminoso foi preso pela equipe da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), que chegou ao paradeiro dele, uma residência na Vila Canaã, nas proximidades da Cohab São Gonçalo, após informações da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa de Rondonópolis.

No local da prisão, os policiais civis flagraram o momento em que Edresson saía da residência em um veículo modelo VW Virtus utilizado como “delivery” para a entrega de drogas. Durante buscas, os investigadores localizaram no interior do carro, diversas porções de maconha e uma caderneta com anotações do tráfico.

Edresson e mais dois comparsas foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Em desfavor de Edresson havia quatro mandados de prisão em aberto expedidos pela Comarca de Rondonópolis pelos crimes de integrar organização criminosa, três homicídios qualificados, porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas. As penas somadas para os delitos superam os 50 anos de prisão.

Homicídios de comerciante e pai e filha

Nas investigações conduzidas pela DHPP de Rondonópolis, Edresson Fábio Vieira Souza, de 28 anos, foi indiciado pelo duplo assassinato de pai e filha ocorridos em fevereiro do ano passado. Giovana Martins de Sousa, de 15 anos, e Genival Ferreira de Souza, 40 anos, foram executados no dia 1º de fevereiro, no interior do mercado “LM”, no Conjunto São José 1. Dois homens armados efetuaram diversos disparos contra as vítimas.

A DHPP apurou que, dias antes de sua morte, Genival foi ameaçado por criminosos para que encerrasse as atividades de jogo do bicho na região, uma vez, que uma facção criminosa passaria a comandar todos as apostas no município. Os autores do crime foram identificados como Lucas Soares Dias e Edresson Fábio. Lucas foi preso em agosto passado, em Goiânia.

Edresson também foi identificado como autor do assassinato do empresário Jadson Ramalho de Oliveira, de 55 anos, executado no dia 31 de dezembro passado, dentro do shopping popular de Rondonópolis. A apuração da DHPP constatou que a motivação do crime tem ligação com o comércio de cigarros contrabandeados. Um grupo criminoso decidiu impor regras para a venda de cigarros e a vítima, que também vendia o produto, não cedeu às imposições e acabou sendo executada.