Sábado, 20 de Julho de 2024

POLÍCIA Domingo, 09 de Julho de 2023, 10:35 - A | A

Domingo, 09 de Julho de 2023, 10h:35 - A | A

OPERAÇÃO AMAZÔNIA

Sema apreende seis máquinas utilizadas em desmatamento ilegal na região Norte Araguaia

O Bom da Notícia/com Assessoria

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), em parceria com a Polícia Militar (PM), apreendeu seis máquinas que estavam sendo utilizadas em desmatamento ilegal e aplicou R$ 849,9 mil em multas, pelo desmate de 284,8195 hectares do bioma Amazônia.

A operação fiscalizou sete municípios do Norte Araguaia entre os dias 26 de junho e 07 de julho e foi conduzida pela Diretoria Regional da Sema de Confresa, em parceria com o 10º Comando Regional.

Foram apreendidas uma escavadeira  hidráulica utilizada para abertura de drenos sem licença, três tratores de esteira, um trator de pneu e um trator de pneu com carreta reboque, flagrada executando a extração ilegal de madeira. Também foi retirada dos infratores uma motosserra.

Os municípios que tiveram alertas de desmatamento fiscalizados são: Novo Santo Antônio, Serra Nova Dourada, São Félix do Araguaia, Santa Cruz do Xingu, Vila Rica, Santa Terezinha e Confresa.

As fazendas fiscalizadas tinham alertas de imagens de satélite que mostram a mudança de vegetação em tempo real, o que possibilita o flagrante. "A fiscalização do desmatamento continua em toda a região, com reforço durante a Operação Amazônia e apoio da Polícia Militar para reduzir o índice de ilegalidade", destaca o diretor da regional, Edivaldo Soares Silva.

A retirada do maquinário do infrator pego em flagrante impede que continue a praticar o desmatamento ilegal, além de desincentivar a ocorrência de crimes ambientais.

Operação Amazônia

Desde março deste ano, o Governo de Mato Grosso realiza a Operação Amazônia contra crimes ambientais, com equipes em campo e de monitoramento remoto, para responsabilizar os infratores.

Quem se deparar com um crime ambiental deve denunciar por meio dos contatos: da Polícia Militar (190), ouvidoria da Sema (0800 065 3838) ou pelo novo WhatsApp para denúncias (65) 98153-0255.