Quinta-feira, 23 de Maio de 2024

POLÍTICA NACIONAL Segunda-feira, 14 de Novembro de 2022, 16:31 - A | A

Segunda-feira, 14 de Novembro de 2022, 16h:31 - A | A

"Anti-conservador": Ministros do STF criticam atos em rodovias

Política Nacional

 Ministros participaram de evento em Nova York
Reprodução

Ministros participaram de evento em Nova York

Os ministros do STF ( Supremo Tribunal Federal ), Gilmar Mendes e Dias Toffoli , detonaram apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) que defendem manifestações golpistas. Os magistrados destacaram que fechar as rodovias e pregar intervenção militar são antidemocráticas e prejudicam o Brasil.

“Existe algo menos conservador do que invadir um Congresso? Não é anti-conservador fechar estradas e impedir o direito de ir e vir, como aconteceu no Brasil? É necessário colocar a verdade factual em seus lugares”, falou Toffoli ao discursar durante um encontro promovido pelo ex-governador João Doria.

O ministro aproveitou o espaço para parabenizar o trabalho do empresário durante a pandemia da Covid-19. Dias Toffoli relatou que o ex-tucano batalhou para que a vacina fosse comprada e ficasse disponível aos brasileiros. “Salvou milhões de vidas”, comentou o magistrado.

Toffoli ainda relembrou que a compra das vacinas saiu do papel também por causa de uma ação do Supremo Tribunal Federal. “Quem deu a decisão para que Doria comprasse as vacinas foi a caneta do ministro Ricardo Lewandowski”, relembrou.

Gilmar Mendes diz que instituições protegeram a democracia

O ministro Gilmar Mendes também discursou e falou que as instituições permitiram que a democracia do Brasil continuasse funcionando.“Quando tudo parecia esfarelar, ouvimos como mantra que as instituições estavam funcionando. Bem ou mal, funcionaram: a institucionalidade venceu”, relatou.

Manifestantes ficaram na porta do hotel em que ocorreu a reunião e protestaram contra os ministros do STF. Os magistrados participarão nesta segunda-feira (14) do Brazil Conference, em Nova York. Apesar dos protestos, Mendes zombou dos protestantes que seguraram cartazes e gritaram contra os magistrados.

“É preciso perguntar se não há um cenário de absoluta dissociação cognitiva, principalmente neste cenário em que lunáticos pedem intervenção militar e a prisão do inventor da tomada de três pinos”, concluiu.

Alexandre de Moraes é hostilizado

Na noite de domingo (13), o ministro do Supremo Tribunal Federal e presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Alexandre de Moraes , foi xingado por brasileiros bolsonaristas em um restaurante, em Nova York, nos Estados Unidos.

Em um dos vídeos compartilhado nas redes sociais, o ministro é abordado por um homem dentro de um restaurante. O brasileiro que está gravando acusa Moares de estar gastando o "dinheiro do povo brasileiro" em frases que intercalam entre português e inglês. Ao final do vídeo, o homem xinga o ministro do Supremo de "vagabundo" e comemora com outras pessoas que estão fora do restaurante.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política