Terça-feira, 28 de Maio de 2024

POLÍTICA NACIONAL Sexta-feira, 18 de Novembro de 2022, 14:03 - A | A

Sexta-feira, 18 de Novembro de 2022, 14h:03 - A | A

COP27: Marina Silva larga na frente para ser ministra do Meio Ambiente

Política Nacional

Marina Silva na COP27
Reprodução: Twitter / @MarinaSilva

Marina Silva na COP27

A deputada federal eleita Marina Silva (Rede-SP) se colocou como grande favorita para ser ministra do Meio Ambiente . Esse favoritismo isolado se deu após a participação dela na COP27 , que ocorreu no Egito ao longo das últimas duas semanas. A futura parlamentar foi muito procurada por autoridades internacionais, que não esconderam a admiração que possuem por ela.

Segundo apurou o Portal iG, Marina foi a segunda brasileira mais procurada e “tietada” por especialistas, jornalistas e políticos de todas as partes do mundo, ficando atrás apenas do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Inclusive, ela conseguiu uma reunião particular com o petista no começo da semana.

Aliados de Lula se impressionaram com o sucesso da ex-ministra.  O único que não demonstrou espanto com a situação foi o ex-ministro da Educação Fernando Haddad (PT). Ele sempre relatou aos petistas que Marina Silva, Lula e Gilberto Gil eram verdadeiros pop stars nos primeiros dois mandatos do partido.

Com enorme prestígio, Marina se tornou a maior favorita para ser ministra do Meio Ambiente. Lula já sinalizou que quer transformar o Brasil em protagonista na área e enxerga como fundamental que um nome de sucesso internacional esteja à frente da pasta.

Na avaliação dele, ter a deputada eleita ao seu lado é importante para provar ao mundo que o país quer se destacar nas ações contra o desmatamento. A COP27 apenas reforçou a intenção de chamar Marina e convidá-la para fazer parte da sua equipe de ministros a partir de 2023.

Izabella Teixeira

Lula também cogita chamar Izabella Teixeira , mas ela corre por fora. A ex-ministra foi para a COP27 e demonstrou muita habilidade para se reunir com políticos e a sociedade civil. Além disso, a aliada do presidente eleito é vista como uma profissional com enorme capacidade técnica.

Caso Marina não queira ser ministra, a tendência que Lula convide Teixeira para retornar ao cargo. Porém, pessoas próximas dizem que Izabella pode não aceitar o convite, dependendo do projeto.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política