Quarta-feira, 17 de Julho de 2024

POLÍTICA NACIONAL Domingo, 19 de Fevereiro de 2023, 18:31 - A | A

Domingo, 19 de Fevereiro de 2023, 18h:31 - A | A

Prefeito de Salvador responde Eduardo Paes e Ricardo Nunes

Política Nacional

O prefeito Bruno Reis se diverte no circuito Barra-Ondina, em Salvador
Reprodução/Instagram 19.02.2023

O prefeito Bruno Reis se diverte no circuito Barra-Ondina, em Salvador


O prefeito de Salvador , Bruno Reis (União Brasil), entrou na disputa do “Melhor Carnaval do Brasil” e usou as redes sociais neste domingo (19) para rebater outros prefeitos. O governante republicou uma mensagem de João Campos (PSB), chefe do Executivo de Recife, e defendeu a folia soteropolitana.

“Ah, João Campos, Ricardo Nunes e Eduardo Paes , tenho prints e posso provar: Salvador é o melhor Carnaval do mundo e não sou eu quem está dizendo. Que nossa folia, nos quatro cantos do Brasil, continue crescendo e projetando nossa cultura!”, falou Bruno.

A batalha entre prefeitos começou na sexta (17), quando Ricardo Nunes (MDB-SP) provocou Eduardo Paes (PSD-RJ). “Nós já somos o primeiro. O Eduardo Paes é meu amigo e me convidou pra passar o Carnaval lá. Mas eu que convidei ele pra cá. Já temos um carnaval maior que o dele. Ele vai ter que aceitar", brincou o emedebista.

No dia seguinte, o prefeito do Rio devolveu a provocação. “Gente… Vocês contam para eles ou deixamos acreditar? Adoramos exportar nossa cultura carioca. Ela é para todos. Quando acabar aí, a Sapucaí estará pronta para receber os dois, cheios de balanço! Viva o carnaval brasileiro. Viva São Paulo, Salvador, Recife, BH, Rio e…”, escreveu.

Horas depois, João Campos resolveu defender o seu estado: “Desculpa aí Ricardo Nunes e Eduardo Paes, mas nessa discussão Recife chega virado no Jiraya para ganhar. Olha só o Marco Zero ontem e o Galo da Madrugada hoje. Já deixei aqui o convite pra vocês conhecerem pessoalmente”.


Entre no canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política