Sábado, 20 de Julho de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2023, 16:16 - A | A

Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2023, 16h:16 - A | A

ARTICULAÇÕES E ALINHAMENTOS

Araújo reforça convite à Botelho para que se filie ao PP e lembra convite de Cidinho e aval de Maggi

Marisa Batalha/ O Bom da Notícia

À jornalistas, neste último sábado(16), o presidente do diretório estadual do PP, deputado estadual Paulo Araújo voltou a reforçar o convite à Eduardo Botelho(União) - colega de parlamento e presidente da Assembleia Legislativa -, para que se filie no Progressista, como forma de dar continuidade ao seu projeto eleitoral de disputar a Prefeitura de Cuiabá no ano que vem.

A declaração de Araújo foi dada na inauguração da Praça Dom Wunibaldo, em Chapada dos Guimarães. Ao reiterar que o convite à Botelho foi feito já algum tempo pelo ex-senador Cidinho Santos, com aval do ex-ministro e megaempresário Blairo Maggi.

"O convite foi feito diretamente pelo ex-senador Cidinho e pelo ex-governador Blairo Maggi que sempre vem avalizando os nossos posicionamentos políticos com relação a Cuiabá. Já vínhamos conversando sobre esta possibilidade do partido apoiar Botelho na disputa pela Prefeitura de Cuiabá. Com o convite já feito só estamos, agora, esperando o aceite. Assim, não há nenhuma restrição à filiação de Botelho ao PP. Pelo contrário, sua vinda seria estratégica e uma forma de podermos garantir um segundo turno das eleições municipais na capital".

Ainda conforme Araújo, também presidente do diretório estadual do partido, a filiação de Eduardo Botelho no PP poderia agregar outras siglas e criar um grande arco de alianças ao entorno da disputa, em 2024, pelo comando do Palácio Alencastro. "Com Botelho se filiando ao Progressista ele terá, inclusive, condição de alavancar uma candidatura mais consolidada, e com menos restrições. E ainda tendo apoio de outros partidos".

Revelando que o PP, contudo, teria como única restrição que não seja dado nenhum apoio a quaisquer candidatos que sejam apoiados pelo prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro(MDB). 

"Já é uma decisão tomada do PP de não apoiar nenhum candidato ligado ao prefeito Emanuel Pinheiro, em Cuiabá".

Igualmente, na inauguração, em Chapada, ao falar do convite recebido dos progressistas, Eduardo Botelho agradeceu às lideranças, lembrando da honra de ser chamado a se filiar em uma sigla por nomes de peso como Blairo Maggi e pelo deputado cuiabano, Paulo Araújo, quando foi surpreendido pelo colega parlamentar e a conversa acabou em uma grande festa e risos, com Botelho brincando: 'aí eu falando dele, já pensou se eu estivesse falando mal'.

Botelho há meses vem tentando costurar seu nome dentro de seu partido, para tornar sua pré-candidatura um consenso, mas sem sucesso. Ele vem encontrando resistência ao seu desejo de disputar as eleições na capital pela principal liderança da sigla, o governador Mauro Mendes, igualmente, presidente da legenda no Estado. Mendes já há um certo tempo oficializou seu apoio ao secretário-chefe da Casa Civil, Fábio Garcia.

Agora, Botelho recebeu a promessa de Mendes de resolver este impasse ainda em dezembro. Caso a solução seja a liberação de Botelho para poder migrar para outro partido, o presidente da Assembleia tem vários convites além do PP, em especial, o Partido Social Democrata que tem como principal liderança o ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro.