Sexta-feira, 24 de Maio de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 12 de Março de 2024, 17:41 - A | A

Terça-feira, 12 de Março de 2024, 17h:41 - A | A

AMPLIA VANTAGEM

Botelho lidera corrida ao Alencastro em 1ª pesquisa após oficialização do seu nome pelo UB

Marisa Batalha/ O Bom da Notícia

Na primeira pesquisa após a oficialização do União Brasil na escolha do nome do presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, para disputar a Prefeitura de Cuiabá, em outubro deste ano, o deputado estadual Eduardo Botelho lidera em todos os cenários possíveis a disputa eleitoral.

Nesta nesta terça-feira(12), levantamento divulgado pela MT Dados - em nova sondagem sobre a intenção de votos do eleitor cuiabano -, confirma o nome do parlamentar em três cenários simulados pelo instituto. 

Em um deles, inclusive, os dados revelam que Botelho poderia vencer a disputa já em primeiro turno.

Simulações

No primeiro cenário, Botelho lidera a disputa com 33% das intenções de voto. Ele é seguido, à distância, pelo deputado federal Abílio Brunini (PL), que tem 19% da preferência do eleitorado, e pelo deputado estadual Lúdio Cabral (PT), com 14%. 

O atual vice-prefeito de Cuiabá, José Roberto Stopa (PV) foi lembrado por 6% dos entrevistados. Também o deputado estadual Juca do Guaraná Filho, do MDB, que tem sido lembrado como um possível nome da sigla para uma candidatura própria recebeu 4% das intenções de votos. Marcos Ritella e Ulisses Moraes aparecem igualmente com 1% cada. Brancos e nulos somaram 5% e 17% dos cuiabanos não souberam ou não quiseram responder.

Em outro cenário sem a presença de Stopa - que dentro da Federação Brasil da Esperança disputa com o deputado petista Lúdio Cabrall a oficialização de seu nome -, a tendência de Botelho ganhar chega a subir um ponto percentual, 34%. O deputado federal bolsonarista, Abílio Junior continua com seus 19%, em terceiro Lúdio com 15% e Juca do Guaraná com 4%.Brancos e nulos somam 7%. Não souberam ou não quiseram responder 20%. 

E, ao final, em uma terceira simulação - desta vez retirando o nome do deputado estadual Lúdio Cabral e adicionando o nome do vice-prefeito José Roberto Stopa -, Botelho, aqui, venceria no primeiro turno das eleiçõs com 38% das intenções de votos.  Abílio também aqui permanece com 19% e Juca do Guaraná com 5%.
Brancos e nulos 12% e não souberam ou não quiseram responder sobe para 22%.

A liderança de Botelho continua no segundo turno, se consolidando em vários cxenários, em um deles com 45% contra 21% de Abílio Brunini. Em um outro com 44% contra 18% de Lúdio e se for Stopa, o deputado estadual bate 49% contra 8% do vice-prefeito.

Botelho está também em primeiro lugar em um levantamento na espontânea.

E se tratando de rejeição o parlamentar bolsonarista Abílio Brunini lidera com 22%, seguido dos deputados estaduais Juca do Guaraná com 14%, depois Lúdio Cabral com 13%. Stopa crava 8% e Botelho 5%.

A pesquisa MT Dados ouviu 1060 eleitores de Cuiabá, entre os dias 7 e 10 de março. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos e o índice de confiança é de 95%. O levantamento está registrado na Justiça Eleitoral com o número MT-07478/2024.

Cenários

(Foto: Ilustração/Assessoria)

CENÁRIO - BOTELHO - MT DADOS.png

 

(Foto: Ilustração/Assessoria)

CENÁRIO 2 - BOTELHO MT DADOS.png

 

(Foto: Ilustração/Assessoria)

CENÁRIO 3 - BOTELHO - MT DADOS.png