Quarta-feira, 17 de Julho de 2024

POLÍTICA Quinta-feira, 23 de Março de 2023, 10:56 - A | A

Quinta-feira, 23 de Março de 2023, 10h:56 - A | A

SÍNDROME DE DOWN

Botelho recebe professores e alunos da Apae Mato Grosso

O Bom da Notícia/com assessoria

O Dia Internacional da Síndrome de Down foi celebrado nesta terça-feira (21.03), data que se intensifica as discussões sobre políticas públicas que possam garantir a inclusão deste público na sociedade. E para conhecer ainda mais sobre as necessidades da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), que realiza atendimento educacional para o desenvolvimento intelectual de crianças, jovens e adultos com deficiência, o deputado Eduardo Botelho, presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), recebeu uma turma de professores e alunos da instituição para falar das principais necessidades da instituição.

“Vamos realizar trabalhos que beneficiem essas pessoas, vamos criar mais políticas públicas para inserir este público no mercado de trabalho. Aqui na Assembleia temos uma excelente profissional com síndrome de Downn, é isso que nós queremos, pessoas que possam conviver com todos da melhor maneira possível, queremos uma sociedade inclusiva, participando de tudo, eles têm capacidade intelectual”, declarou Botelho.

O deputado Wilson Santos, que também esteve presente no encontro, firmou compromisso de trabalho para fortalecer as ações voltadas para pessoas com Síndrome de Down. Segundo o parlamentar, a ALMT já criou diversas leis e continua de portas abertas para falar sobre este importante assunto.

“O parlamento, através do deputado Botelho abre as portas para a educação especial, já construímos mais de 10 leis que favorecem pessoas com autismo, dislexia, surda e com  Síndrome de Down. Vamos continuar o processo de construção de novas políticas públicas para que o acolhimento, a terapia possa ser tratando com prioridade”, explicou Wilson Santos.

A Síndrome de Down (SD) é uma alteração genética presente na espécie humana desde sua origem. Em cada célula do ser humano possui um total de 46 cromossomos, divididos em 23 pares. A Síndrome de Down é gerada pela presença de uma terceira cópia do cromossomo 21 em todas as células do organismo (trissomia), ou seja, em vez de 46 esses indivíduos apresentam 47 cromossomos – uma alteração genética que ocorre no momento da concepção de uma criança.

Durante a reunião, a diretora pedagógica da Apae Cuiabá, Patricia Guimarães, falou que objetivo da visita junto com os alunos na ALMT é pedir apoio para envio de recursos que serão investidos na reforma e ampliação da unidade que atende pessoas com necessidades especiais. Ela afirmou que o presidente da ALMT  e os demais parlamentares vão atender ao pedido.

“Estamos aqui para pedir recursos, precisamos reformar o nosso prédio da Apae que precisa de reparos no telhado, pintura e uma reforma geral, foi e este o nosso pedido na conversa com os deputados, eles vão apoiar, pediram o projeto”, explicou a diretora.

A Apae Cuiabá atende pouco mais de 130 alunos, pessoas com deficiência intelectual e múltiplas, grupos etários de crianças, jovens e adultos, com aulas para o desenvolvimento intelectual. Cada pessoa matriculada na unidade recebe formação profissional conforme a peculiaridade de cada caso.