icon Segunda-feira, 14 de Junho de 2021

POLÍTICA Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019, 09:27 - A | A

SANTA HELENA

Deputados prometem reunião com governo e prefeitura para redução de repasses à filantrópico

O Bom da Notícia

 Durante visita técnica realizada nesta última quarta-feira (11), pela Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia, ao Hospital Santa Helena, o diretor-geral do filantrópico, Marcelo Sandrin, apontou o atraso nos repasses feitos pelo governo do estado e pela Prefeitura de Cuiabá, como o grande dilema vivido atualmente pela unidade de saúde.

 

De acordo com Sandrin, estaria atrasado o repasse de recursos federais feito ao Fundo Municipal de Saúde e também o pagamento de incentivos municipais para custeio da maternidade. E recursos referentes à complementação dos honorários de anestesistas e cirurgiões.

 

A unidade também aguarda o pagamento, por parte do governo do estado, de valores correspondentes à complementação da tabela de UTI.

 

Além da regularização dos repasses, Sandrin reivindicou a revisão de portarias publicadas pelo governo do estado que, em sua avaliação, são ilegais e atrasam o recebimento dos recursos devidos. “Estamos muito felizes com a visita da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa e pedimos o apoio dos deputados. Os repasses do estado e do município têm atrasado de 60 a 90 dias. Pedimos que olhem para os filantrópicos com bons olhos, pois estamos sempre abertos à população”, declarou.

 

Referência em maternidade, o Hospital Santa Helena realiza cerca de 750 procedimentos obstétricos por mês e 85% dos procedimentos realizados na unidade são feitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

 

“Vamos levar ao governo do estado o pedido para diminuir esse atraso de três meses que hoje é praticado, mesmo sabendo das dificuldades de encaminhamento técnico. Vamos sugerir também que seja feita uma antecipação de valores do contrato pré-fixado para evitar essa demora no controle de avaliação”, afirmou o presidente da Comissão de Saúde, deputado estadual Paulo Araújo.

 

O deputado estadual Dr. Gimenezes (PV) também reforçou o compromisso da comissão de buscar soluções para as demandas apresentadas. “A ação da Comissão de Saúde é de intermediação: agir com os hospitais em uma ponta e com o governo e o município na outra, levantar as demandas e levá-las até a Secretaria de Saúde”, disse.

 

Participaram da visita técnica, os deputados estaduais Paulo Araújo (PP), Lúdio Cabral (PT), Dr. João (MDB), Dr. Gimenez (PV) e Dr. Eugênio (PSB), a superintendente estadual de Regulação de Urgência e Emergência, Inês de Souza Leite Sukert, a diretora administrativa do Hospital Santa Helena, Zoraida Hanna Maby, e o presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, vereador Ricardo Saad (PSDB).

 

Encerramento

 

A Comissão de Saúde realizará a última visita técnica de 2019 na próxima terça-feira (17), ao Hospital Municipal e à Unidade de Pronto-Atendimento de Juína. Após a visita, os deputados se reunirão com lideranças regionais políticas e da área da saúde.



Imprimir

Comentários