Sábado, 13 de Julho de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 05 de Junho de 2024, 10:36 - A | A

Quarta-feira, 05 de Junho de 2024, 10h:36 - A | A

ESCÂNDALOS SEM FIM

Dilemário garante que Emanuel deixará ‘herança maldita’ para próximo gestor que comandar Cuiabá

Da Redação do O Bom da Notícia

Em conversa com os jornalistas nesta terça-feira (4), o vereador Dilemario Alencar  (UB) disse que o o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) vai deixar uma ‘herança maldita’ para o próximo gestor que assume o comando da cidade a partir do ano que vem.

Em seu histórico, Pinheiro que já foi afastado duas vezes do cargo ainda tem 20 operações policiais e diversos escândalos ao logo de suas duas administrações.

“Emanuel Pinheiro deveria estar preso. Ele vai deixar uma herança maldita para o próximo prefeito e para a população cuiabana. Sempre fizemos uma oposição firme e forte, a oposição sempre mostrou a que veio. O problema é que nós temos um prefeito fraco, mequetrefe que chega a marcar 20 operações e a Câmara não faz nada com relação a este disparate”,disse.

“Cuiabá está toda esburacada, acabada, abandonada. E isto se deve a essa gestão pequena e mequetrefe do prefeito Emanuel Pinheiro”, acrescentou.

Só para lembrar, na semana passada o presidente a Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (UB) - pré-candidato na disputa pela Prefeitura de Cuiabá, nas eleições deste ano -, disse à imprensa, que o próximo prefeito de Cuiabá pode levar até dois anos para conseguir colocar as fianças em ordens após a gestão Emanuel Pinheiro.

“É de um a dois anos, pois não é só a saúde, há igualmente outras secretarias com dívidas altas. Ou seja, todas estas secretarias têm passivos grandes que vão acabar não conseguindo pagar até o fim do ano suas dívidas. Com isso o desafio do próximo prefeito aumenta”, disse Botelho.