Domingo, 14 de Julho de 2024

POLÍTICA Sábado, 17 de Junho de 2023, 19:52 - A | A

Sábado, 17 de Junho de 2023, 19h:52 - A | A

SER FAMÍLIA MULHER

Em audiência em Brasília, Virginia Mendes cobra leis mais duras em casos de violência doméstica

Da Redação do Bom da Notícia com Assessoria

Nesta última quarta-feira (14), a primeira-dama de Mato Grosso Virginia Mendes cobrou leis mais severas para o combate à violência doméstica durante Audiência Pública Interativa da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), em Brasília. A audiência foi realizada com a finalidade de discutir o Projeto de Lei 4.875/2020, sob a relatoria da senadora Margareth Buzetti(PSD), que defende o auxílio-aluguel às vítimas de violência doméstica.

Na oportunidade, Virginia Mendes e a secretária de Estado de Assistência Social e Cidadania (Sestasc), Grasielle Bugalho, apresentaram o modelo do programa SER Família Mulher aprovado por lei em Mato Grosso, que dispõe sobre o benefício no valor de R$ 600 e fomenta a qualificação profissional às vítimas de violência doméstica em situação de vulnerabilidade financeira.

“Acho que além de tudo o que a gente está tentando fazer para combater a violência doméstica ainda é pouco, porque poderíamos fazer um pouco mais. Acredito que o principal seria essa Casa de Leis produzir leis mais rigorosas, porque, por mais que a gente faça o auxílio aluguel, ajude com as crianças, se o homem não tiver uma lei bem rigorosa, que ele realmente tenha medo de agredir uma mulher a gente não vai conseguir parar isso”, cobrou Virginia Mendes.