Quarta-feira, 24 de Julho de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 11 de Novembro de 2020, 15:37 - A | A

Quarta-feira, 11 de Novembro de 2020, 15h:37 - A | A

TV VILA REAL

Em debate na TV Gisela classifica Emanuel Pinheiro como símbolo nacional da corrupção

Rafael Martins /Marisa Batalha - O Bom da Notícia

A candidata Gisela Simona (Pros) - nesta segunda e última rodada de debate realizado pela TV Vila Real, Canal 10 -, nesta quarta-feira (11), literalmente, não poupou seus principais adversários: Emanuel Pinheiro (MDB) e Abílio Júnior (Podemos).

À Emanuel Pinheiro, prefeito da capital que busca sua reeleição, Gisela - única mulher na disputa -, se dirigiu ao prefeito emedebista, afirmando, categoricamente, que ele era o símbolo nacional da corrupção. E sem meias palavras, o questionou se ele se considerava um corrupto profissional.

Gisela afirmou, categoricamente, que EmanuelPinheiro é o símbolo nacional da corrupção. E sem meias palavras, questionou o prefeito se ele se considerava um corrupto profissional.

Ao lembrar que ele pagou Salim [ex-amigo e hoje desafeto], com esmeraldas falsas; foi delatado pelo deputado Riva e pelo ex-governador Silval [ambos sem partido], foi acusado pelo deputado tucano Wilson Santos, de ter vendido incentivos fiscais para o grupo Caramuru; teve um secretário preso e três afastados por supostas irregularidades e ainda teria se aposentado aos 32 anos de idade.

“Veja a longa história de corrupção do prefeito [...]Nós não podemos deixar na mão de uma pessoa que tem uma vasta ficha criminal, um orçamento de quase 15 bilhões para os próximos quatro anos. Eu estou cumprindo o meu papel, para esclarecer quem são os candidatos a prefeito de Cuiabá. É importante comparar, a decisão é sua, você tem a opção de mudar os rumos de Cuiabá", disse ao dar ao eleitor a responsabilidade da escolha sobre quem deve gerenciar a capital no próximo ano.

Emanuel, por sua vez, tentou desqualificar a adversária. Afirmando que a candidata do Pros estaria tentando desviar do real objetivo do debate, que seria apresentar propostas à população. Declarando que a ex-superintendente do Procon-MT não teria experiência de gestão e que ' cuidar da prefeitura é cuidar das pessoas'.

Quero respeitar a nossa candidata, Gisela que está com a missa encomendada para tentar nos agredir e desvirtuando do foco [...] Não quero denúncias vazias que não se comprovaram. Eu arregacei as mandas e fui a luta. Prometi o Novo Pronto Socorro de Cuiabá e fiz o maior hospital do Estado. Padrão hospital particular para quem mais precisa, tudo do bom e melhor para os pacientes SUS e dentro dele, o novo e moderno Pronto Socorro de Cuiabá [...] Não seja injusta candidata. Sei que a senhora está no afã de vencer a todo custo, mas não é digno da senhora, uma pessoa séria, mas inexperiente. Não sabe o que fala, não tem experiência com a gestão pública. Administrou o Procon, mas cuidar da prefeitura é cuidar das pessoas". (Com Vivian Nunes)