Sábado, 20 de Julho de 2024

POLÍTICA Domingo, 25 de Junho de 2023, 09:05 - A | A

Domingo, 25 de Junho de 2023, 09h:05 - A | A

OITIVA DE CPI DA VI

"Ficou com medo de ser pego na mentira", diz Dilemário sobre desentendimento com marido de Edna

O Bom da Notícia/com Assessoria

Na oitiva realizada nesta sexta-feira (23) na CPI que investiga a possível conduta da vereadora Edna Sampaio (PT) de ter se apropriado ilegalmente de valores da verba indenizatória (VI) que pertenciam a sua ex-chefe de gabinete Laura Natasha Abreu, o marido da parlamentar Willian Sampaio se irritou com os questionamentos feitos pelo vereador Dilemário Alencar (Podemos).

“O Willian se desequilibrou com os meus questionamentos em relação a acusação de depósitos de VI que foram feitos na conta corrente da vereadora Edna. Então ele se irritou e me chamou de violentador de mulheres, fugindo da mesa da CPI para evitar continuar respondendo minhas perguntas. Agora, em verdade, é preciso dizer ao Willian, que violentador é quem demite de forma covarde mulher grávida, como fez a esposa dele”, disse o vereador Dilemário neste sábado (24).

O parlamentar disse ainda que apesar de ser reprovável a atitude de Wilian, entendeu o notório desequilíbrio dele.

“Sem dúvidas o Willian ficou com medo de continuar respondendo as minhas perguntas e ser pego na mentira, visto que existem áudios e prints de conversa dele cobrando da Laura o repasse de valores de VI para a conta da vereadora Edna. Então foi melhor para ele se levantar e fugir, visto que jurou que falaria somente a verdade na CPI”, explicou Dilemário.

O parlamentar do Podemos também lembrou que a vereadora Edna Sampaio tem usado o plenário da Câmara Municipal para atacá-lo pelo fato de ter cobrado da vereadora explicações do porquê demitiu a sua ex-chefe de gabinete Laura Natasha Abreu, que estava grávida.

“Por isso, Edna resolveu apresentar uma queixa-crime na Polícia Federal alegando que a minha cobrança de explicações se configura prática de violência de gênero. Desde então, a vereadora tem me denominado como seu violentador. Entretanto, com o depoimento da Laura Natasha está ficando muito claro quem pratica violência contra mulher”, concluiu o vereador Dilemário Alencar.