Sábado, 22 de Junho de 2024

POLÍTICA Domingo, 08 de Novembro de 2020, 11:43 - A | A

Domingo, 08 de Novembro de 2020, 11h:43 - A | A

DISPUTA NA SENATÓRIA

Fortalecer a agricultura familiar é a missão do candidato ao Senado, Valdir Barranco

O Bom da Notícia

O representante petista na disputa para o Senado, Valdir Barranco, mostra suas propostas para agricultura que foca no diálogo e interação entre as diversas modalidades da área, mas com o objetivo principal de fortalecer e estimular, principalmente, as bases da agricultura familiar

“No Brasil, aproximadamente 84,4% dos estabelecimentos agropecuários são de agricultura familiar. São mais de 4 milhões de estabelecimentos agropecuários. Entretanto, a área ocupada por esse tipo de agricultura corresponde apenas a, aproximadamente, 25% da área total ocupada por estabelecimentos rurais. A concentração fundiária brutal das terras ainda situa o Brasil nas bases da exploração colonial. Todas as nações desenvolvidas necessitaram de políticas de reforma agrária intensivas, ampliando a participação da agricultura familiar no seu desenvolvimento econômico e em sua soberania”, disse o candidato.

Barranco critica o governo atual pelas políticas públicas adotadas nos últimos anos, onde sempre privilegiam os latifundiários e os grandes exportadores primários. “Dos investimentos públicos, créditos e isenções tributárias destinados à agricultura, mais de 80% se destinam ao chamado agronegócio e menos de 20% para a agricultura familiar. Apesar disso, a agricultura familiar gera, em média, 38% da receita dos estabelecimentos agropecuários do país e emprega, aproximadamente, 74% dos trabalhadores agropecuários do Brasil. Está tudo baseado no interesse dos grandes”, diz Barranco.

Seguem algumas propostas de Valdir Barranco para a Agricultura de Mato Grosso e do Brasil:

-Desenvolvimento de tecnologias que otimizem a produção
-Maior valorização das pesquisas cientiíficas
-organização mais controlada das políticas públicas
-Entrosamento entre assistência técnica e a extensão
-Industrialização do pequeno
-Diminuição no uso de agrotóxicos
-Fortalecimento do ensino técnico, tecnológico e de pesquisas
-Disponibilidade de crédito e inovação tecnológica
-Estimular a criação de empregos e oportunidades