Quarta-feira, 24 de Julho de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 12 de Junho de 2024, 08:59 - A | A

Quarta-feira, 12 de Junho de 2024, 08h:59 - A | A

PORTÃO DO INFERNO

Frente Parlamentar do Comércio debate soluções para Chapada dos Guimarães

Da Redação do Bom da Notícia com Assessoria

Quase seis meses depois do incidente que resultou na interdição parcial da Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), moradores e comerciantes de Chapada dos Guimarães aguardam uma solução definitiva para o problema. Para tratar da situação do município, a Frente Parlamentar do Comércio de Bens e Serviços (FPC) da Assembleia Legislativa realiza no próximo dia 13 de junho uma reunião, com a presença de representantes do Estado, de entidades comerciais e da população.

Coordenador da FPC, o deputado Diego Guimarães (Republicanos) explica que a reunião nasceu dos diversos pedidos recebidos por ele, feitos por comerciantes, moradores e turistas que visitam Chapada. “Com o passar do tempo, a mídia, os políticos e as pessoas que ficaram sensibilizados com tudo o que se passou acabaram se desmobilizando. Sabemos que os efeitos disso continuam sendo sentidos e precisamos encontrar soluções”.

Foram convidadas autoridades como o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Miranda, representantes da Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas (FCDL), integrantes da gestão municipal de Chapada dos Guimarães entre outras pessoas.

“Precisamos de respostas, precisamos saber o que vai ser feito com relação às obras necessárias, qual o socorro que os comerciantes receberão do Poder Público, já que eles foram muito impactados com a interdição parcial. Enfim, o Estado precisa dar respostas para sabermos exatamente o que vai acontecer”, finalizou Guimarães.