Quinta-feira, 20 de Junho de 2024

POLÍTICA Sexta-feira, 24 de Maio de 2024, 16:12 - A | A

Sexta-feira, 24 de Maio de 2024, 16h:12 - A | A

XADREZ POLÍTICO

Marcrean diz que se o MDB não tiver candidatura própria vai apoiar Botelho à Prefeitura de Cuiabá

Silvano Costa/Especial para O Bom da Notícia

O vereador Marcrean Santos (MDB) admitiu esta semana, à jornalistas, que caso sua sigla não lance uma candidatura própria, pedirá liberação para apoiar o deputado estadual Eduardo Botelho (União) que disputa, pelo União Brasil, a Prefeitura de Cuiabá. 

"Caso o MDB não tenha candidatura própria, eu caminharei, com permissão do partido, com o deputado Eduardo Botelho para prefeito", afirmou. 

Já o prefeito Emanuel Pinheiro, igualmente emedebista, ainda que oscile sobre sua participação neste pleito eleitoral, ora afirmando que se distanciará das eleições para terminar sua gestão com excelência, ora apontando alguns nomes do MDB que poderá 'peitar' uma cabeça de chapa na disputa pelo Alencastro e na maioria das vezes apontando seu apoio ao seu vice, José Roberto Stopa. Mesmo que Stopa ainda esteja disputando com o deputado estadual petista Ludio Cabral, dentro da Federação Brasil da Esperança[PV, PT e PCdoB], sobre quem será, de fato, o nome oficial da federação nestas eleições na capiital. 

Ao contrário do gestor de Cuiabá, Marcrean garante que o MDB, porém, não vai apoiar Stopa por conta do vice-prefeito fazer parte da Federação: "o MDB não faz parte da Federação então não somos Stopa".

"Estou aguardando as decisões partidárias. Eu hoje não posso formar opinião fora do partido. O partido diz que vai ter candidato, o prefeito diz que vai ter candidato, então, até que ele apresente, estaremos aguardando", contou.

Ainda segundo Marcrean, o nome do deputado Juca do Guaraná ainda não está fora do jogo, ainda que acredite que tempo para a apresentação de um nome está se esgotando. 

"O Juca não está descartado, ele colocou o nome à disposição, mas até agora não houve uma decisão partidária em relação a nome A ou B. Eu acho que o prazo está passando muito, já era pra ter um nome", explicou.