Quinta-feira, 23 de Maio de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 22 de Novembro de 2022, 15:26 - A | A

Terça-feira, 22 de Novembro de 2022, 15h:26 - A | A

PACOTÃO DE NATAL

Maysa Leão é contra a proposta de aumento do IPTU e cobrança de taxas extras na coleta de lixo em Cuiabá

O Bom da Notícia/ com assessoria

A vereadora Maysa Leão (Republicanos), usou a tribuna da Casa de Leis, nesta terça-feira (22), para alertar a população sobre os gastos que podem ser gerados aos munícipes com o Projeto de Lei da Prefeitura de Cuiabá para revisar a planta de valores genéricos do município, que por consequência vai aumentar o Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), e implantar taxas de coleta de lixo na fatura de água e esgoto.

O projeto encaminhado pelo executivo está em tramitação na Câmara de Vereadores, e se aprovado, o aumento e as taxas entram em vigor a partir de 2023. A parlamentar se posicionou contra as medidas e as classificou como um “Pacotão de Natal” indesejado.

“Estamos em um momento de pós-pandemia e a gente vê o executivo municipal trazendo dois possíveis aumentos de custo real para a vida da população cuiabana, que não está satisfeita com o entorno das suas casas e ainda terá que pagar um IPTU mais caro. A Prefeitura quer aumentar a arrecadação de um município que cada vez entrega menos. Não há justificativa para que seja feito esse aumento”, pontuou a vereadora.

Uma audiência pública para debater o assunto foi solicitada pelos vereadores Maysa Leão, Michelly Alencar (União Brasil) e Dilemário Alencar (Podemos). A audiência está prevista para o dia 29 de novembro, na Câmara Municipal de Cuiabá. O horário ainda será definido.