Segunda-feira, 20 de Maio de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 21 de Dezembro de 2022, 14:04 - A | A

Quarta-feira, 21 de Dezembro de 2022, 14h:04 - A | A

'PARA ONDE FOI O DINHEIRO?'

Mendes diz que Pinheiro 'falta com a verdade' sobre Cuiabá deixar de receber R$ 63 mi com redução do ICMS

Da Redação do O Bom da Notícia

Em conversa com jornalista, na posse da nova Diretoria do Tribunal de Justiça, o governador Mauro Mendes(UB) voltou a fazer fortes críticas ao prefeito da capital, Emanuel Pinheiro(MDB), seu antigo desafeto.

Ao assegurar que o emedebista estaria 'de novo' faltando 'com a verdade', ao se referir às últimas declarações de Pinheiro que de julho até a primeira semana de dezembro, a Capital teria deixado de receber R$ 63 milhões por conta da redução do ICMS combustíveis, energia elétrica, comunicações e transporte coletivo.  

Já de acordo com o governador, a arrecadação do ICMS, da Prefeitura de Cuiabá não teria sofrido queda.

"Mais uma vez ele faltou com a verdade com os números da Prefeitura. Segundo a lei orçamentária dele[Emanuel], não caiu como disse. Então para onde foi o dinheiro?", ainda questionou o gestor estadual.

Conforme relatório apresentado pela Prefeitura de Cuiabá, ao Tesouro Nacional, o prefeito esperava receber, em 2022, pelo menos R$ 600,3 milhões do Estado. Contudo, ainda conforme Mendes, até outubro, Cuiabá já havia recebido R$ 610,7 milhões do Estado, ou seja, 10 milhões a mais do que esperava.

"Ou seja, faltando dois meses para o fim do ano, os cofres de Cuiabá já receberam R$ 10 milhões a mais do que o esperado para todo o ano".