Quarta-feira, 24 de Julho de 2024

POLÍTICA Quinta-feira, 30 de Março de 2023, 08:41 - A | A

Quinta-feira, 30 de Março de 2023, 08h:41 - A | A

DIZ PRESIDENTE DO SINTERP

“Precisamos agradecer o deputado Botelho pelo compromisso e defesa da agricultura familiar”

O Bom da Notícia/com assessoria

Durante reunião na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Pesquisa, Assistência e Extensão Rural do Estado de Mato Grosso (Sinterp-MT), Gilmar Antônio Brunetto, popularmente conhecido como “Gauchinho”, agradeceu o deputado Eduardo Botelho pelo trabalho e ação na defesa da agricultura familiar no Estado.

Em votação no Plenário das Deliberações, no dia 8 de março, o presidente da (ALMT), Eduardo Botelho, junto com os demais parlamentares derrubaram o veto 21/2023, garantindo recurso de R$ 85,5 milhões para investimento na Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer-MT), que promove o fortalecimento dos trabalhos da agricultura familiar.

“Primeiramente nossa eterna gratidão ao deputado Eduardo Botelho, e aos demais deputados pelos compromisso e defesa da agricultura familiar. Se existe a Empaer hoje, é porque a Assembleia defendeu. Recentemente, essa Casa de Leis aprovou um orçamento de R$ 85 milhões para Empaer, por isso nossa eterna gratidão”, declarou o presidente do Sinterp-MT “Gauchinho”.

Clodoaldo Maccari, produtor de pequi no município de Gaúcha do Norte, a 595 km de Cuiabá-MT, também destacou que é importante reconhecer o empenho daqueles que defendem o trabalho dos pequenos.

“Quero agradecer as pessoas que têm o compromisso com a agricultura familiar, que é tão importante para o Estado. A produção de alimentos é importante, não tem como viver sem isso, por isso, estou aqui para agradecer pessoalmente ao deputado Botelho pela sua defesa e empenho. Há muito tempo ele defende essa bandeira, a importância da agricultura familiar. Ele atuou muito, derrubou veto, garantindo orçamento para Empaer”, declarou Maccari.

Conheça algumas Leis de autoria do deputado Eduardo Botelho na defesa da Agricultura Familiar

Lei 10.902/2019, dispõe sobre a instituição do programa Feira da Mulher do Campo; Lei 10.837/2019 que cria o selo de produtos de origem quilombola. Lei ordinária 10.612/2017 que define as atividades turísticas que especifica como atividades de “Turismo Rural na Agricultura Familiar”.

Lei 10.590/2017, dispõe sobre a política estadual de incentivo à formação de bancos comunitários de sementes e mudas; a Lei 10.530/2017 que dispõe sobre a utilização de produtos de origem orgânica na alimentação escolar.

Lei 10.516/2017, institui a política estadual de desenvolvimento rural sustentável da agricultura familiar.