Quarta-feira, 12 de Junho de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 24 de Novembro de 2020, 09:30 - A | A

Terça-feira, 24 de Novembro de 2020, 09h:30 - A | A

DIZ GISELA

"Reeleito Emanuel perpetuará clientelismo na prefeitura, quem vota nele não é eleitor, é cúmplice"

Rafael Martins/O Bom da Notícia

A advogada e ex-superintendente do Procon, Gisela Simona (Pros) - que ficou em terceiro lugar no primeiro turno das eleições na capital -, e hoje aliada do candidato do Podemos, na disputa pelo comando do Palácio Alencastro, afirmou que o 'combate a corrupção' foi o principal fator que a levou a apoiar o candidato Abílio Júnior.

Em carta aberta publicada nas redes sociais, na tarde desta segunda-feira (23), Gisela afirmou que a reeleição do atual prefeito, Emanuel Pinheiro (MDB), irá “perpetuar o clientelismo” e o uso do erário para atender “interesses particulares”.

"Combate implacável a corrupção foi o pilar do nosso plano de governo. E manter a coerência na minha vida é um valor intransigível [...] Quem vota em Emanuel Pinheiro não é eleitor, é cúmplice. Caiu dinheiro do paletó, existem três delações contra o prefeito, de José Geraldo Riva, Sílvio Corrêa e Silval Barbosa. |Além de quatro secretários afastados, um deles preso", afirmou ela na carta.

"A forma que está aparelhada a atual gestão da Prefeitura somente terá mudanças se tiver um novo prefeito, caso contrário vai perpetuar o clientelismo e o uso dos recursos públicos atendendo interesses privados", acrescentou.

Na sequência, a ex-candidata disse que somente foi possível apoiar Abílio após "chegarem a um consenso" sobre pontos do plano de governo que, segundo ela, foram revistos, em uma agenda política em favor de Cuiabá. 

“O candidato Abílio ao nos procurar, para nos pedir apoio, se mostrou disposto a rever não apenas seu plano de governo, mas especialmente seu modo de pensar [...] Manter a Secretaria da Mulher e implantar políticas públicas para as mulheres previstas no nosso plano de governo é um passo importante para uma sociedade mais justa e isso é uma grande conquista, para combater o machismo que tanto repudiamos", afirmou.

Confira carta na íntegra:

Inicialmente, quero agradecer aos 52.191 eleitores que acreditaram no nosso projeto de mudança e sonharam com uma nova história para Cuiabá. Agradeço aos 71 candidatos a vereadores que compuseram nossa coligação (PROS – PDT – REDE SUSTENTABILIDADE E AVANTE) e juntos levaram o nome de Gisela Simona e Maestro Fabrício para ser avaliado pela população cuiabana. Saio dessa campanha inteira e com o coração grato, por ter me dedicado incansavelmente a estudar as necessidades de nossa Capital, de ter tido a oportunidade de escutar as pessoas em seus anseios e sonhos. Essa experiência, sem dúvidas, foi um grande passo em minha vida política, mas principalmente pessoal. Conhecer a dor das pessoas me traz ainda mais responsabilidade e me obriga a tomar uma decisão.

A posição mais confortável e menos danosa, sem dúvidas, seria manter a neutralidade, não manifestar voto a nenhum dos candidatos escolhidos pelo eleitor cuiabano. Porém, essa suposta neutralidade, contraria tudo que ao longo de toda a minha vida defendi. Não posso me omitir e muito menos incentivar que as pessoas deixem de votar ou façam um voto de protesto anulando ou deixando em branco.

O diagnóstico do atual cenário, após muito estudo para elaboração do plano de governo que defendi na campanha e o meu amor por Cuiabá me impõe responsabilidades política e social. Após dialogar com os dois candidatos, a pedido deles, escolhidos legitimamente pelo povo cuiabano para disputar o segundo turno; após ouvir os candidatos do meu partido PROS e os partidos que compuseram a coligação “Mãos Limpas e Unidas por Cuiabá”, cheguei a uma decisão.

Nesse momento é necessário tentar uma nova história. É necessário dar um basta na corrupção que desvia dinheiro da saúde e mata pessoas, que tira oportunidades e que espolia os mais necessitados. São muitos os problemas de Cuiabá, da falta de atendimento na saúde, ao ônibus velho e passagem cara, as ruas sem asfalto e sem iluminação, do esgoto a céu aberto, das escolas sem reforma, da falta do aterro sanitário e tantos outros problemas.

Combate implacável a Corrupção foi o pilar do nosso plano de governo e manter a coerência na minha vida é um valor intransigível. A forma que está aparelhada a atual gestão da prefeitura municipal somente terá mudanças se tiver um novo prefeito municipal, caso contrário vai perpetuar o clientelismo e o uso dos recursos públicos atendendo interesses privados.

O candidato Abílio ao nos procurar para pedir apoio se mostrou disposto a rever não apenas seu plano de governo, mas especialmente seu modo de pensar. Não podemos ignorar que vivemos em uma sociedade historicamente marcada por um patriarcado e um machismo que circundam as relações sociais e profissionais. Romper com essa mentalidade exige disposição e conhecimento.  Manter a Secretaria da Mulher e implantar políticas públicas para as mulheres previstas no nosso plano de governo é um passo importante para uma sociedade mais justa e isso é uma grande conquista, para combater o machismo que tanto repudiamos do candidato no primeiro turno.

Do mesmo modo, manter o Conselho de Cultura, fortalecer e investir nessa pasta é outro compromisso assumido pelo candidato Abílio e Felipe Wellaton que agrega valores ao atual plano de governo defendido pelos candidatos.

Outro ponto que me é muito caro e que o candidato aceitou rever e dialogar são as pautas dos servidores públicos. Penso que, independentemente de ideologia partidária, o maior patrimônio do serviço público são os seus servidores que precisam e merecem ser tratados com respeito e dignidade. Nenhuma administração conseguirá ser eficiente sem o conhecimento e auxilio dos servidores públicos, especialmente os concursados, que conhecem o funcionamento da máquina pública, a qual muitas vezes se torna ineficiente por falta de investimento, capacitação e principalmente, inchamento com cargos comissionados sem nenhuma capacidade técnica. Assim, foi feito um compromisso de que qualquer tomada de decisão deve ser antecipada do diálogo e da tentativa de compor com as categorias, sempre com muita responsabilidade.

Assim, hoje, por continuar acreditando que Cuiabá merece uma nova HISTÓRIA, meu apoio para a prefeitura de Cuiabá será para os candidatos Abílio Junior e Felipe Wellaton.