Terça-feira, 18 de Junho de 2024

POLÍTICA Sábado, 14 de Novembro de 2020, 18:57 - A | A

Sábado, 14 de Novembro de 2020, 18h:57 - A | A

SEM BIOMETRIA

Sem cadastro biométrico, 85 mil eleitores não poderão votar nestas eleições em Cuiabá e 35 mil em VG

Vivian Nunes / Especial para O Bom da Notícia

Mais de 168 mil eleitores de Cuiabá, Várzea Grande e outros 32 municípios mato-grossenses que não fizeram a biometria - ou seja, que estão com títulos cancelados -, não poderão votar nas eleições neste domingo, 15 de novembro. 

Contudo, quem buscou informação no site de estatísticas eleitorais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pode se confundir quantos a estes números de mato-grossenses que tiveram seus títulos cancelados, já que lá consta que apenas 0,50% da população cuiabana não poderá votar, o que daria um pouco mais de mil eleitores.

Desta forma, a assessoria do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), recomenda que a população evite acessar o portal para que não haja confusão, por conta dos dados desatualizados do TSE. 

Os dados corretos mostram que na capital mais de 378 mil eleitores estão aptos a votar. Mas outras 85.432 mil pessoas que não fizeram seu cadastro biométrico não irão às urnas. Igualmente, em Várzea Grande, o segundo maior colégio eleitoral de Mato Grosso, 35.617 mil pessoas estarão vetadas de votar nestas eleições.

Os dados corretos mostram que na capital mais de 378 mil eleitores estão aptos a votar. Mas outras 85.432 mil pessoas que não fizeram seu cadastro biométrico não irão às urnas.

Este número gigante de pessoas impedidas pela Justiça eleitoral pode refletir, inclusive, na votação que estaria sendo esperada por alguns candidatos - que neste pleito buscam vagas na câmaras e prefeituras, em especial, na capital -, pois são mais de 20% de votos a menos que serão contabilizados nas urnas.

Muitos destes eleitores não realizaram seu cadastramento biométrico por conta da pandemia e, assim, deixaram de comparecer ao TRE. Diferente de alguns municípios de Mato Grosso, onde a biometria ainda estava em fase de implantação, quando começou a pandemia da covid-19 e, assim, poderão votar normalmente, mesmo que não tenham cadastrado a biometria.

A suspensão deste cancelamento é temporária e durará até as eleições. Após os pleitos, em dezembro, o eleitor pode procurar a Justiça Eleitoral e regularizar a sua situação.  

Para os eleitores que ainda estão em dúvida se possui o título cancelado ou não, podem consultar sua situação eleitoral clicando AQUI.

Confira os municípios e quantidade de títulos cancelados em MT

São eles: Cuiabá (85.432), Várzea Grande (35617), Rondonópolis (11.037), Sinop (10.382), Primavera do Leste (3.462), Pontes e Lacerda (2.604), Poconé (2.060), Nova Mutum (1.630), Lucas do Rio Verde (1.455), Jaciara (1.411), Rosário Oeste (1.249), Santo Antônio do Leverger (1.003), Campo Verde (964), Nobres (770), Nossa Senhora do Livramento (705), Barão de Melgaço (703), Chapada dos Guimarães (701), Jangada (619), Nortelândia (408), Nova Santa Helena (404), Cocalinho (343), Nova Brasilândia (292), Campos de Júlio (250), Acorizal (227), Araguaiana (225), Torixoréu (213), Indiavaí (135), Luciara (134), Ribeirãozinho (134), Planalto da Serra (127), Vale de São Domingos (126), Serra Nova Dourada (113), Araguainha (49) e Ponte Branca (36).