Sábado, 20 de Julho de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2023, 13:05 - A | A

Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2023, 13h:05 - A | A

PROATIVIDADE

Vereador aplaude TCE por instauração de auditoria nas contas da Secretaria de Saúde de Cuiabá

O Bom da Notícia/Com Assessoria

O processo de auditoria na Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá, foi instaurado pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), no dia último dia 14, pelo conselheiro-presidente José Carlos Novelli e pelo relator das contas da Capital, conselheiro Sérgio Ricardo. Um dia antes da instauração do processo, o vereador Dr. Luiz Fernando (Republicanos) havia apresentado o Of. GV Nº 001/2023 aos conselheiros, no qual justificava que a medida deveria ser realizada em caráter de urgência urgentíssima, devido os altos indícios de rombo nas finanças da Pasta.

“É um rombo de mais de R$ 350 milhões, segundo os dados levantados pela intervenção do Estado na pasta, Queremos saber de fato o quanto a Saúde de Cuiabá está devendo”, disse ele.

“Estamos visitando as policlínicas, Upas e unidades de saúde de Cuiabá e o que temos visto é vergonhoso. São muitos pacientes sofrendo. Profissionais reclamando do atraso de salário, na demora no pagamento do prêmio saúde, do adicional noturno, do adicional de férias e ainda do atraso no pagamento de plantões extras”, acrescentou.

Ao destacar que a auditoria é fruto do desencontro de informações geradas após a intervenção estadual decretada pela Justiça, aonde o interventor Hugo Fellipe Lima, detectou em um período de pouco mais de uma semana de trabalho, um rombo de mais de R$ 356 milhões na pasta. Luiz Fernando ainda lembrou que o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) é um especialista em desviar a atenção da população e que ele gostaria de viver na Cuiabá criada por Emanuel.

“O prefeito inclusive, rebateu o interventor, dizendo que a dívida do setor é de apenas R$ 212 milhões. Fomos a fundo ver essa situação e ele [prefeito] tem razão, sim, ele menciona que os valores são apenas de 2020 e 2021, mas ele não contabilizou o ano de 2022”, observou o vereador.

Por fim, o parlamentar afirma que pretende solicitar a mesma auditoria ao Ministério da Saúde. “Pretendo, nos próximos dias, ir até a Brasília, no Ministério da Saúde, e pedir que se faça auditoria nas contas da Secretaria de Saúde de Cuiabá”, finalizou.