Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

SAÚDE & BEM ESTAR Segunda-feira, 03 de Abril de 2023, 23:01 - A | A

Segunda-feira, 03 de Abril de 2023, 23h:01 - A | A

Conheça os benefícios dos alimentos integrais para a saúde

Saúde

Conheça os benefícios dos alimentos integrais para a saúde
Redação EdiCase

Conheça os benefícios dos alimentos integrais para a saúde

Manter uma alimentação equilibrada é uma excelente opção para quem deseja eliminar peso ou melhorar a saúde. Para isso, o alimento integral é uma excelente opção, pois é saudável e auxilia no processo de emagrecimento.

“As fibras contidas nos alimentos integrais acumulam água quando ingeridas, aumentando o volume no estômago e no intestino, o que gera sensação de satisfação e faz com que demoremos mais a ter fome novamente”, explica a nutricionista Izabella Frattezi.

Segundo a profissional, os alimentos nas versões integrais, como arroz, farelo de aveia e quinoa, também ajudam no funcionamento intestinal, auxiliam na desintoxicação e contribuem para a diminuição do inchaço.

Alimentos integrais são ricos em nutrientes

O alimento integral também possui grande quantidade de nutrientes . “Normalmente é menos processado, não tendo passado pelo refinamento, conservando assim mais vitaminas, minerais e principalmente fibras”, esclarece Izabella Frattezi.

Principais benefícios

Por ser menos processado, o alimento integral tem menos produtos químicos que prejudicam a saúde. Além disso, as fibras contidas neles aumentam a sensação de saciedade, ajudam no funcionamento do intestino e favorecem a flora bacteriana intestinal, fundamental para a saúde e o bem-estar. Essas fibras também fazem com que o açúcar dos alimentos seja liberado aos poucos no sangue, o que previne hiperglicemia, diabetes e outras doenças.

Alimento integral pode ser calórico

Fique atento! Os alimentos integrais também possuem calorias. Eles estimulam a mastigação, dão maior sensação de saciedade e demoram mais tempo no sistema digestivo. Contudo, se consumidos em excesso, podem conter até mais calorias, conforme explica a nutricionista Renata Fidelis.

“A diferença calórica é pouco significativa. O integral pode apresentar uma média de 15 a 20 calorias a mais do que um alimento não integral”, aponta. Para fazer uma comparação, é necessário ler o rótulo dos alimentos. “A composição nutricional tem maior teor de proteína, vitaminas do complexo B etc. Porém, o mais importante são as fibras, que ajudam na saúde e no bom funcionamento intestinal”, acrescenta a nutricionista.

Atenção à composição

Renata Fidelis ressalta que é preciso ficar atento à composição dos alimentos. “O que costuma deixar os integrais mais calóricos não é a farinha integral, mas os ingredientes opcionais, como castanha-do-pará, castanha-de-caju, uva-passa, banana-passa, frutas cristalizadas etc”, lista.

Fonte: Saúde