Igreja Batista Getsemâni

Por atraso salarial, transporte coletivo de Cuiabá pode entrar em greve

Karollen Nadeska, da Redação

Alair Ribeiro/MídiaNews

Alair Ribeiro/MídiaNews

Trabalhadores do transporte coletivo de Cuiabá ameaçam realizar uma paralisação nesta quinta-feira (14), caso as empresas Integração e Pantanal Transportes não efetivem o pagamento dos salários referente ao mês de fevereiro, que estaria em atraso. O prazo para o depósito se encerra às 17h desta quarta-feira (13), como acordado com a categoria.

 

De acordo com informações dadas ao site 'O Bom da Notícia', o presidente do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores (STTET), Ledevino Conceição, afirmou que 30% dos funcionários devem aderir ao movimento, a maioria motoristas.

 

“Ainda não há uma sinalização de greve, mas os motorista e outros trabalhadores devem paralisar, porque estão sem receber. Esse não é um número grande, pode ser que nem todos paralisem as atividades”, afirma o presidente.

 

Com isso, estima-se que cerca de 30 mil usuários que utilizam o transporte diariamente sejam afetados pela paralisação.

 

À reportagem, o presidente não informou se todos os servidores foram comunicados da mobilização, mesmo tendo em vista que o não cumprimento do acordo poderá acarretar em uma possível greve.

 

Outo lado

 

A assessoria de imprensa da Associação Mato-grossense dos Transportes Urbanos (MTU), que representam as empresas Integração e Pantanal Transportes, informou que têm até o final da tarde para concluir o pagamento.

 

Prefeitura de Cuiabá

 

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) ainda não se posicionou sobre o assunto.


Fonte: O Bom da Noticia

Visite o website: http://www.obomdanoticia.com.br