icon Quarta-feira, 19 de Junho de 2019

VARIEDADES - A | + A

CONSTRUINDO O FUTURO 05.06.2019 | 20h:09

Projetos sociais empoderam meninas para o futuro

Por: O Bom da Notícia

“The future is female.” A frase, que em tradução livre significa “o futuro é feminino”, foi imortalizada em 1975 em um retrato feito pela fotógrafa e artista Liza Cowan. Na foto, sua namorada, Alix Dobkin, vestia uma camiseta estampada com a frase que voltou a fazer parte do dia a dia da nossa sociedade não só como expressão simbólica, mas também como o mote de um movimento cada vez mais imponente e essencial.

 

Se o futuro é feminino, a ideia de diversos projetos sociais é, justamente, empoderar meninas e garotas para a construção de um amanhã mais justo e igualitário.

Construindo o futuro e buscando a equidade

 

A empresa brasileira Pampili, especializada na fabricação de vestuário infantil, em parceria com a ONG Plan Internacional, desenvolveu a campanha Sou Corderosa. A mensagem da marca para os pais é que “este pode ser o primeiro projeto social das meninas”, em que desde a infância elas são estimuladas a se dedicar à causas sociais.

 

A campanha Soucorderosa destina um percentual do valor das vendas de algumas linhas de produtos da marca às crianças beneficiadas pela ONG Plan Internacional, que faz um forte trabalho social direcionado às meninas e mulheres em situação de vulnerabilidade. Outro dos projetos da ONG é o “Escola de Liderança para Meninas”, que tem como objetivo proporcionar formação para que as meninas reconheçam seu potencial e suas possibilidades de atuação.

 

Mais de 2 milhões de meninas em idade escolar são forçadas a faltar à escola durante o período menstrual

Outro exemplo de projeto voltado ao empoderamento das meninas é o programa "Always mantém as meninas na escola", da P&G. Mais de 2 milhões de meninas em idade escolar são forçadas a faltar à escola durante o período menstrual, todos os anos, pois não possuem acesso a produtos de higiene, o que acaba causando o abandono dos estudos em muitos casos. Para combater esse problema, a empresa criou uma parceria com diversas instituições, como a UNICEF e a Small Projects Foundation, e mantém o projeto desde 2006 em países do continente africano.

 

Dados da UNICEF relatam que, apesar do envelhecimento da população, o Brasil tem 57,6 milhões de crianças e adolescentes (população com menos de 18 anos de idade - IBGE 2016) que precisam ter seus direitos garantidos. No Brasil, as mulheres trabalham em média 7 horas a mais que os homens por semana, conforme estudo do IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, além da sobrecarga “invisível” que sofrem com os trabalhos domésticos.  Transformar a realidade de meninas é transformar o futuro da sociedade. (Com assessoria)

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































PROGRAMA TRIBUNA VEJA MAIS

O Bom da Notícia Programa Tribuna - 19/06/2019

INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO




icon COTAÇÕES MT
Milho Disponível R$/sc 21,70
Boi a Vista R$/@ 135,00
Soja Disponível R$/sc 57,00
Algodão R$/@ 90,09
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet