Sexta-feira, 24 de Maio de 2024

AGRO & ECONOMIA Quinta-feira, 25 de Abril de 2024, 17:38 - A | A

Quinta-feira, 25 de Abril de 2024, 17h:38 - A | A

EDUCAÇÃO SANITÁRIA

Alunos do projeto “Do Campo ao Prato” visitam escola agrícola Ranchão em Nova Mutum

Da Redação do O Bom da Notícia/Com Assessoria

Alunos do 5° ano da unidade Municipal do Campo São José, em Nova Mutum, foram recebidos por estudantes e representantes da Escola Agrícola Ranchão, neste mês de abril. A visita dos jovens visa o conhecimento do manejo e a criação dos animais, com o foco no desenvolvimento do Projeto Educação Sanitária: “Do Campo ao Prato”, realizado pelo Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea).

O projeto proporciona aos alunos, o contato visual do processo de plantio, colheita, armazenamento e distribuição dos alimentos para que estejam aptos ao consumo e possam chegar às mesas. Durante as visitas em salas de aulas o Indea tem mostrado, de forma lúdica e bem didática, como algumas doenças são transmitidas pelos alimentos e como é feita a inspeção sanitária.

O gerente de Educação Formal do Senar-MT, Marcos Medeiros, ressalta que a Escola Agrícola Ranchão se empenha em cumprir e ensinar os protocolos sanitários para que os futuros profissionais estejam capacitados para o mercado de trabalho. Ainda para Marcos, a visita proporcionou a experiência de acompanhar boa parte do manejo e das boas práticas que garantem a qualidade dos alimentos.

Segundo a diretora da escola Ranchão, Lucivani Borsatto, o projeto tem o papel importante na conscientização da população sobre o caminho dos alimentos, que vão do campo até o prato dos brasileiros, mostrando o processo de defesa sanitária animal e vegetal que garantem que esses alimentos estejam livres de doenças transmitidas pela falta de saneamento. 

“Ficamos felizes em poder, através das nossas boas práticas, mostrar um pouco desses cuidados que nossos profissionais e alunos praticam no dia a dia, sabendo do importante papel que exercemos na comunidade através de nossos futuros técnicos”, disse Lucivani.

Durante a visita foi explicado aos alunos todo processo de criação, que vai desde o nascimento dos animais até o abate, sempre focado no bem-estar animal presente em todas as fases. Foi abordado também os benefícios dos produtos de origem animal, como carne, leite e ovos. Ao final de todas explicações, houve um momento para sanar dúvidas dos alunos e também realizada a visita nos setores de: bovinocultura de leite, ovinocultura, suinocultura, avicultura de corte e postura e a fábrica de ração.

Sob o olhar do técnico em Agropecuária responsável pelos setores da Zootecnia da escola Ranchão, Jordam Rodrigues, durante essa aprendizagem os alunos têm a oportunidade de acompanhar na prática, um pouco da origem da grande maioria dos alimentos que são consumidos no dia a dia. “Essa visita em nossa escola proporcionou a experiência de ver boa parte do manejo adotado por nós, com as boas práticas, para que o produto final seja de ótima qualidade”, completou o técnico em agropecuária.