Sábado, 20 de Julho de 2024

AGRO & ECONOMIA Terça-feira, 30 de Maio de 2023, 10:32 - A | A

Terça-feira, 30 de Maio de 2023, 10h:32 - A | A

Italiano de 19 anos se torna bilionário mais jovem do mundo; conheça

Economia

Clemente Del Vecchio é o bilionário mais jovem do mundo
Reprodução

Clemente Del Vecchio é o bilionário mais jovem do mundo

O italiano Clemente Del Vecchio se tornou nesta segunda-feira (29) o bilionário mais jovem do mundo. Com 19 anos recém-completados, ele herdou fortuna de US$ 3,5 bilhões (cerca de R$ 17 bilhões) após a morte do pai, o magnata Leonardo Del Vecchio.

Clemente aparece no ranking da Forbes como a 818ª pessoa mais rica do mundo, empatado com seus outros cinco irmãos mais velhos, que herdaram a mesma fortuna com a morte do pai.

Entre no canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o perfil geral do Portal iG

Leonardo Del Vecchio era dono da Luxottica, maior marca de óculos do mundo, e faleceu aos 87 anos em junho de 2022. A empresa é responsável pela produção de óculos para marcas como Ray-Ban, Oakley, Giorgio Armani, Prada, Vogue e Dolce & Gabbana.

Com a morte do pai, Clemente herdou 12,5% da Delfin, holding da EssilorLuxottica, empresa originada na fusão entre a Luxottica e uma uma empresa francesa de lentes. A Delfin também mantém ações dos bancos italianos Mediobanca e UniCredit, da seguradora Generali e da incorporadora imobiliária Covivio.

Além de Clemente, cinco outros filhos de Leonardo, de três casamentos diferentes, também herdaram patrimônio de US$ 3,5 bilhões cada:

  • Claudio Del Vecchio, de 66 anos;
  • Marisa Del Vecchio, de 65 anos;
  • Paola Del Vecchio, de 62 anos;
  • Leonardo Maria Del Vecchio, de 28 anos;
  • Luca Del Vecchio, de 21 anos.

Além deles, a viúva do magnata e madrasta de Clemente, Nicoletta Zampillo, e executivos amigos de Leonardo também ficaram com parte da herança.

Leonardo Del Vecchio foi um dos maiores empresários da Itália. Ele nasceu em família pobre, cresceu em um orfanato e, em 1961, fundou a Luxottica, que se tornou uma enorme companhia ao longo dos anos.

Fonte: Economia