Quarta-feira, 17 de Julho de 2024

AGRO & ECONOMIA Segunda-feira, 01 de Maio de 2023, 13:34 - A | A

Segunda-feira, 01 de Maio de 2023, 13h:34 - A | A

Lula assina MP que cria salário mínimo de R$ 1.320; veja próxima etapa

Economia

Presidente Luiz Inácio Lula da Silva assina MP do novo salário mínimo
Ricardo Stuckert/PR - 08/04/2023

Presidente Luiz Inácio Lula da Silva assina MP do novo salário mínimo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) assinou nesta segunda-feira (1º), Dia do Trabalhador, a Medida Provisória (MP) que aumenta o salário mínimo de R$ 1.302 para R$ 1.320 .

O texto, publicado no Diário Oficial da União, entra em vigor imediatamente, ou seja, o novo piso nacional já está valendo em todo o país.

Entre no canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o perfil geral do Portal iG

Apesar disso, a MP ainda precisa ser aprovada pelo Congresso Nacional dentro de 120 dias para não perder validade. Para isso, o texto precisa ser aceito pela maioria simples dos parlamentares na Câmara dos Deputados e no Senado Federal.

Na última sexta-feira (28), quando anunciou o aumento, o ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, afirmou que o Congresso deve aprovar a medida com tranquilidade.

O novo salário mínimo impacta direta ou indiretamente mais de 25% dos brasileiros , de acordo com cálculos do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Ao todo, mais de 54 milhões de brasileiros ganham a mais quando o piso nacional é reajustado.

Em pronunciamento em rede nacional de TV e rádio neste domingo (30), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que o aumento do salário mínimo é importante também para a economia como um todo.

"É preciso lembrar que a valorização do salário mínimo não é essencial apenas para quem ganha salário mínimo. Com mais dinheiro em circulação, as vendas do comércio aumentam, a indústria produz mais. A roda da economia volta a girar, e novos empregos são criados", declarou o presidente.

Fonte: Economia