Quinta-feira, 20 de Junho de 2024

AGRO & ECONOMIA Segunda-feira, 20 de Maio de 2024, 15:31 - A | A

Segunda-feira, 20 de Maio de 2024, 15h:31 - A | A

COOPERAÇÃO

MT integra delegação nacional que busca parcerias com a Itália em pesquisa, tecnologia e inovação

O presidente da Fapemat, que é diretor regional do Centro-Oeste do Confap, integra comitiva, representando o Estado

Da Redação do Bom da Notícia com Assessoria

O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat) e diretor regional do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) no Centro-Oeste, Marcos de Sá Fernandes da Silva, integra a delegação brasileira que está na Itália entre os dias 20 e 24 de maio, participando de uma missão de Cooperação em Pesquisa & Inovação.

Com o apoio da Embaixada do Brasil em Roma e do Programa Diplomacia da Inovação (PDI) do Itamaraty, a visita visa fortalecer os laços de colaboração entre entidades italianas e brasileiras em áreas estratégicas.

A intenção é aprimorar iniciativas de cooperação e gerar oportunidades entre entidades italianas e estados brasileiros por meio das Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs). O foco está em áreas cruciais como desafios globais ligados ao clima, mudanças climáticas e eventos extremos, desenvolvimento sustentável, além da importância de investir conjuntamente em iniciativas colaborativas de pesquisa, tecnologia e inovação.

Na Itália, o CONFAP e suas fundações terão a oportunidade de interagir com uma variedade de entidades e parceiros italianos, incluindo o Ministério das Relações Exteriores e Cooperação Internacional (MAECI), o Ministério da Universidade e Pesquisa (MUR), a Organização Internacional Ítalo-Latino Americana (IILA), o Conselho Nacional de Pesquisa da Itália (CNR), o Conselho para Pesquisa Agrícola e Análise da Economia Agrária (CREA), a Agência Nacional para Novas Tecnologias, Energia e Desenvolvimento Econômico Sustentável (ENEA), universidades e centros de pesquisa.

Delegação

A delegação brasileira é composta por líderes de diversas fundações de pesquisa, como da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (FAPERGS); Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul (FUNDECT); Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (FAPESPA); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB); Fundação Araucária (Paraná);  Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (FAPES) e Fundação de Amparo à Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema).