Segunda-feira, 22 de Julho de 2024

CIDADES Terça-feira, 10 de Outubro de 2023, 12:32 - A | A

Terça-feira, 10 de Outubro de 2023, 12h:32 - A | A

CONQUISTA

Madrinha do Flor Ribeirinha, primeira-dama de MT comemora 4º título mundial do grupo folclórico

Da Redação do Bom da Notícia com Assessoria

O grupo Flor Ribeirinha embarcou no dia 30 de setembro para a Coreia do Sul, focados na conquista do título mundial no ‘Cheonan World Dance Festival’, e, com dedicação e foco, os representantes do Brasil e de Mato Grosso conseguiram o quarto título de campeão mundial alcançado em diferentes países.

A primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, que é madrinha do grupo, compartilhou a publicação colaborativa do Flor Ribeirinha e comentou. “Estou muito feliz e orgulhosa com esse título. Quero logo, logo, estar com vocês para comemorar. Esse grupo maravilhoso tem feito história, levando nossa cultura para o mundo, um trabalho lindo e de muita dedicação da querida dona Domingas e dos seus netos que se dedicam a este espetáculo maravilhoso”, comemorou Virginia Mendes.

“Valorizar a nossa cultura é algo que o atual Governo não mede esforços. Agradeço ao governador Mauro Mendes por esse olhar atencioso, porque a nossa cultura desperta o anseio de muitas histórias do segmento alcançar o sucesso”, ratificou Virginia Mendes.

O convite para a participação do grupo partiu da Federação Internacional de Festivais de Danças Folclóricas-FIDAF BRASIL.

Cheonan World Dance Festival é considerado o maior do segmento em todo o continente asiático e, ao longo de toda a programação deste ano, foram mais 200 mil expectadores. Ao todo, foram 17 países na competição internacional da Ásia. As companhias nacionais de folclore da África do Sul, Polônia, Malásia, China, República Tcheca, Costa Rica, Equador, Tahiti e Filipinas.

Este ano o Flor Ribeirinha comemora 30 anos e o título chega num momento mais que especial.

A presidente do grupo Flor Ribeirinha, Domingas Leonor da Silva, destacou a importância em participar da competição internacional e disse que o Flor Ribeirinha carrega em sua bagagem a identidade do povo cuiabano e brasileiro. “Para mim, é um grande orgulho mostrar as nossas tradições e as nossas raízes em continentes tão distantes”,enfatizou a fundadora do grupo.