Segunda-feira, 22 de Julho de 2024

ESPORTES Segunda-feira, 15 de Maio de 2023, 07:31 - A | A

Segunda-feira, 15 de Maio de 2023, 07h:31 - A | A

Athletico vence o Coritiba de virada, pela sexta rodada do Brasileirão

Esportes

Um Athletico de fazer o coração explodir para fora do peito! Quando tudo parece perdido, vem a prova: para o Furacão, nunca está tudo perdido. A história se repetiu neste domingo (14.05), desta vez no clássico, com ainda mais sofrimento e emoção!

Por duas vezes, o Rubro-Negro esteve atrás do rival. Até os 45′, perdia a partida por 2 a 1. Mas Willian, aos 45′, e Canobbio, aos 52′, anotaram os gols de uma virada histórica. No placar do Caldeirão, 3 a 2 para o time da raça!

Um triunfo épico, para manter o Athletico colado no G4 do Brasileirão! Com 12 pontos conquistados, o Furacão está na quinta posição, com o Cruzeiro logo à frente pelo saldo de gols.

O próximo desafio pelo Brasileirão está marcado para o próximo sábado (20), contra o Red Bull Bragantino. Antes, o time volta a jogar no Caldeirão, na quarta-feira (17), contra o Botafogo, no primeiro duelo pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

O Jogo

O Furacão partiu para cima no início do jogo e esteve muito perto de abrir o placar logo aos 3′, quando a zaga adversária afastou em uma tentativa de Vitor Roque. Christian pegou o rebote, soltou um chute forte e colocado e acertou a trave!

Pouco depois, Terans levou perigo com um chute de fora da área. Mas o Coritiba conseguiu equilibrar as ações e chegou ao gol aos 19′, quando a bola sobrou para Marcelino Moreno, que puxou para o meio da área e bateu cruzado.

O restante da primeira etapa teve o Athletico buscando a reação, mas encontrando dificuldade para superar a marcação do rival.

Após o intervalo, o Rubro-Negro voltou a campo com as entradas de Zé Ivaldo e Madson. E logo aos 3′, veio o empate. Fernando arrancou pela esquerda, deixou a defesa para trás e cruzou rasteiro na pequena área. Pablo estava lá para mandar para a rede!

A partir daí, o Athletico teve o domínio do jogo e foi criando boas oportunidades de virar o placar. Pablo e Terans chutaram por cima do gol. E o goleiro coxa-branca fez milagre com duas defesas seguidas, em um chute de Pablo e no rebote de Erick.

Só que aos 21′, um contra-ataque pegou a defesa athleticana desarrumada. Zé Roberto tocou para Robson, que recebeu livre na entrada da área e colocou fora do alcance de Bento.

O gol do rival poderia ser um balde de água fria. Mas o Furacão mostrou mais uma vez que nunca se dá por derrotado. Com Vitor Bueno, Canobbio e Willian em campo, o time rubro-negro foi encurralando o Coritiba e chegando cada vez mais próximo ao gol.

Erick era presença constante na área e, aos 26′, virou para cima de Chancellor e acertou o travessão. Em um cruzamento de Madson, Vitor Roque cabeceou em cima do goleiro. Canobbio trocou passes com Fernandinho e mandou por cobertura, por cima do travessão.

O cronômetro já marcava 45′ quando, após uma cobrança de lateral, Vitor Roque desviou e a bola ficou com Willian. O camisa 11 mandou uma pancada indefensável! 2 a 2 no placar e o Caldeirão em ebulição para mais sete minutos de acréscimos.

E no instante final, aos 52′, todo o esforço rubro-negro foi premiado. Willian recebeu lançamento no meio de campo e, com um toque de calcanhar, acionou Erick, que ganhou de Henrique, invadiu a área e, cara a cara com o goleiro, rolou para Canobbio. Com o gol aberto, o uruguaio teve a frieza de estufar a rede e decretar o início da festa no Caldeirão!

Ficha técnica: Athletico Paranaense 3×2 Coritiba
Campeonato Brasileiro 2023: 6ª rodada
Data: 14/05/2023 (domingo)
Horário: 18h30
Local: Estádio Joaquim Américo

Público total: 31.252
Público pagante: 30.330
Renda: R$ 1.318.250,00

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Evandro de Melo Lima (SP)
Quarto árbitro: Murilo Ugolini Klein (PR)
Árbitro de vídeo: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Athletico Paranaense: Bento; Khellven (Madson, no intervalo), Pedro Henrique (Zé Ivaldo, no intervalo),Thiago Heleno e Fernando; Erick, Fernandinho e Christian (Canobbio, aos 27′ do 2º tempo); David Terans (Vitor Bueno, aos 18′ do 2º tempo), Vitor Roque e Pablo (Willian, aos 27′ do 2º tempo)
Técnico: Paulo Turra
Gol: Pablo, aos 3′, e Willian, aos 45′, e Canobbio, aos 52′ do 2º tempo do segundo tempo
Cartões amarelos: Fernando e Fernandinho

Coritiba: Gabriel; Marcos Vinícius, Bruno Viana, Henrique, John Chancellor e Jamerson (Victor Luís, aos 30′ do 2º tempo); Bruno Gomes, Liziero (Matheus Bianchi, aos 41′ do 2º tempo) e Marcelino Moreno (Kaio, aos 41′ do 2º tempo); Robson (Boschilia, aos 32′ do 2º tempo) e Zé Roberto (Rodrigo Pinho, aos 30′ do 2º tempo)
Técnico: Antônio Carlos Zago
Gols: Marcelino Moreno, aos 19′ do primeiro tempo; Robson, aos 21′ do segundo tempo
Cartões amarelos: Marcelino Moreno, Bruno Gomes e Marcos Vinícius

Fotos: José Tramontin/athletico.com.br

Fonte: Esportes