Sexta-feira, 24 de Maio de 2024

O BOOM DA NOTÍCIA Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2024, 18:12 - A | A

Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2024, 18h:12 - A | A

AL-MT

Procuradoria da Mulher provoca e MPE deve acompanhar circunstâncias de aborto sofrido por menor

Da Redação do Bom da Notícia com Assessoria

Após solicitação de acompanhamento por parte da Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa, com relação aos fatos que envolveram o aborto sofrido por uma adolescente de 14 anos em Cuiabá em novembro do ano passado, cujo feto de aproximadamente 8 meses foi encontrado no seu guarda roupas, dentro de uma mochila, a Procuradoria Geral de Justiça encaminhou ao Núcleo de Defesa da Criança e do Adolescente do Ministério Público para que adote os procedimentos cabíveis.

De acordo com a procuradora especial da mulher da Assembleia Legislativa, deputada estadual Janaina Riva (MDB), autora da provocação ao MPE, é necessário um acompanhamento mais de perto dessa adolescente para saber em que circunstâncias esse aborto ocorreu e com o intuito de proteger essa menor.

“Trata-se de uma menor que precisa ser protegida e este foi o motivo da provocação ao Ministério Público. O que é necessário saber é se existem adultos envolvidos no ato que no Brasil é considerado crime e sob que circunstâncias ocorrem esse aborto e essa gravidez”, finalizou.