Segunda-feira, 20 de Maio de 2024

O BOOM DA NOTÍCIA Quarta-feira, 16 de Novembro de 2022, 11:08 - A | A

Quarta-feira, 16 de Novembro de 2022, 11h:08 - A | A

LAZER

Secretaria de Cultura prepara extensa programação voltada ao Dia da Consciência Negra

O Bom da Notícia/ com assessoria

Em celebração ao Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, a Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, realizará uma ampla programação. Entre os dias 17 a 20 de novembro será realizada a 5ª Edição do Festival Kwanza, em diferentes pontos da capital. A abertura será realizada no dia 17 de novembro (quinta-feira), com uma feira voltada ao fortalecimento do empreendedorismo local. Durante todo o dia, das 8h às 17h, quem passar pela Praça Alencastro poderá apreciar riquezas da cultura africana, com artigos de vestuários, comidas típicas, dentre outros.

“O Festival, além de demonstrar a arte por meio das apresentações, proporciona uma comemoração do dia 20 de novembro com mais tolerância e uma cultura de paz. Além da promoção de debates na busca da efetivação de políticas públicas. O poder público tem como missão motivar, incentivar essa cultura de paz e tudo isso começa no respeito à diferença e a diversidade. É esse principal objetivo do Festival Kwanza”, declarou o secretário-adjunto de Cultura, Esporte e Lazer, Justino Astrevo.

Na sexta (18), a partir das 8h, haverá o tradicional ‘Café Afro’, na sede da Casa dos Conselhos, no bairro Dom Aquino, em Cuiabá. Mesas redondas, apresentação musicais e de dança serão algumas das atividades programadas para esse dia.

Nesse mesmo dia, no período da tarde, no Centro Cultural da Universidade Federal de Mato Grosso- UFMT, as pessoas poderão participar de um evento em celebração ao dia da Consciência Negra, com muita música e dança, a partir das 13h.

No Museu da Imagem e do Som de Cuiabá- MISC, será o lançamento da Marcha do Orgulho Crespo. Para o sábado (19), será a vez da Rota da Ancestralidade. O ponto de partida será no Centro Histórico de Cuiabá, a partir das 07h, e seguirão até o MISC. Esse trajeto simboliza a força das raízes culturais africanas na capital mato-grossense.

Como encerramento da programação da 5ª Edição do Festival Kwanza, a partir das 16 horas, no Beco do Candeeiro, a data será lembrada com o Festival de Cultura Afro Local. Todas as atrações são totalmente gratuitas.

“A expressão “kwanzaa”, que dá nome ao evento, tem origem africana e significa celebração, resgate da origem de um povo que exalta suas conquistas, frutos de muita luta, persistência e fé. Logo, o título remete não apenas a manifestação cultural, mas também à resistência daqueles que ainda hoje lutam por respeito”, concluiu Justino.