Sábado, 18 de Maio de 2024

POLÍCIA Segunda-feira, 01 de Abril de 2024, 15:05 - A | A

Segunda-feira, 01 de Abril de 2024, 15h:05 - A | A

EM RONDONÓPOLIS

Condenado por matar cônsul argentino é preso com CPF falso em MT

O Bom da Notícia/ com assessoria

A Polícia Federal, na manhã desta segunda-feira (01), cumpriu no município de Rondonópolis/MT um Mandado de Prisão expedido pela 4 Vara da Justiça Federal de Foz do Iguaçu/PR em desfavor de um homem de 57 anos de idade, considerado foragido desde 2018, pelo crime de tráfico de drogas.

Envolvido com outras atividades criminosas, o foragido integrava quadrilha que realizava assaltos a turistas no Estado do Paraná. O homem já havia sido condenado a 29 (vinte e nove) anos de prisão pelo assassinato do Cônsul da Argentina, no dia 29 de janeiro de 1995, que estava de férias no Brasil à época. Também participou da rebelião ocorrida na PCE (Penitenciária Central do Estado), na região metropolitana de Curitiba/PR nos anos 2000.

Após cumprir parte da pena nas penitenciárias dos estados de Paraná e Rondônia, onde participou de motins, rebeliões e fugas, passou a viver com nome falso no município de Rondonópolis/MT, e, até a data de hoje, estava levando uma vida normal com o novo CPF.

Após o cumprimento do mandado e demais formalidades legais, o preso será levado ao presídio Major Eldo Sá Corrêa, conhecido como Mata Grande, onde ficará à disposição da Justiça Federal.