Quinta-feira, 20 de Junho de 2024

POLÍCIA Sexta-feira, 24 de Maio de 2024, 08:31 - A | A

Sexta-feira, 24 de Maio de 2024, 08h:31 - A | A

NO INTERIOR

Três procurados por estupro e estupro de vulnerável são presos pela Polícia Civil

Da Redação do O Bom da Notícia com Assessoria

Três procurados pelos crimes de estupro e estupro de vulnerável foram presos nesta quinta-feira (23), em Comodoro, pela equipe da Delegacia da Polícia Civil do município.

O primeiro mandado foi cumprido contra um homem de 47 anos, que estava a prisão decretada pela 1ª Vara Criminal de Comodoro. Na manhã de hoje, ele foi encontrado no Loteamento Cidade Verde e conduzido à delegacia, onde aguardará a audiência de custódia.

Em seguida, a equipe policial seguiu até a área rural de Comodoro para cumprir um segundo mandado de prisão, expedido pela 2ª Vara Criminal de Cáceres pelo crime de estupro de vulnerável. O alvo, um homem de 22 anos, foi localizado no alojamento de uma fazenda, a 130 quilômetros de Comodoro, próximo ao Rio Guaporé.

Ainda na tarde de quinta-feira, outro mandado de prisão foi cumprido contra um idoso de 66 anos, procurado por estupro de vulnerável. Ele foi investigado pelo crime ocorrido em 2014, contra uma vítima de apenas oito anos.

Com a condenação transitada em julgado, a 2aVara Criminal da Comarca de Comodoro expediu o mandado de prisão definitiva para cumprimento de pena em regime fechado. Ao tomar conhecimento da condenação, idoso se apresentou na Delegacia de Comodoro.

Após os trâmites na delegacia, o idoso foi encaminhado para a Cadeia Pública de Comodoro, onde cumprirá a pena definitiva em regime fechado.

Apenas neste mês, a Delegacia de Comodoro já cumpriu cinco mandados de prisão relacionados a crimes sexuais, três deles por estupro de vulnerável.

“Essas prisões são parte de um esforço contínuo para trazer justiça às vítimas e fortalecer a sensação de segurança na comunidade. A Polícia Civil continua trabalhando diligentemente para investigar e prender aqueles acusados de crimes graves”, assegurou o delegado Ricardo Sarto.