Domingo, 16 de Junho de 2024

POLÍTICA Domingo, 29 de Novembro de 2020, 12:32 - A | A

Domingo, 29 de Novembro de 2020, 12h:32 - A | A

JUIZ REBATE ACUSAÇÃO

Abílio aponta uso ilegal de carros da câmara e da prefeitura no transporte de eleitores em Cuiabá

Marisa Batalha/O Bom da Notícia

O candidato do Podemos, Abílio Junior após votar na Escola Estadual José de Mesquita, no Porto, neste domingo(29), revelou à jornalistas que teria visto carros da Câmara de Vereadores e da Prefeitura de Cuiabá, circulando com passageiros neste segundo turno das eleições.

Abílio enfrenta nesta segunda rodada da corrida eleitoral,o prefeito emedebista, Emanuel Pinheiro, que busca a reeleição, na disputa pelo comando do Palácio Alencastro..

Fizemos nossa parte, mostramos nossas ideias, nossas propostas. Mostramos a questão da corrupção [...] Assim, hoje, é o dia que a população será o juiz.

Ele foi acompanhado em sua votação pela advogada e ex-superintendente Gisela Simona (Pros), que ficou na terceira colocação, na disputa pela Prefeitura de Cuiabá, no primeiro turno das eleições e, em seguida, oficializou seu apoio à Abílio. Ainda pelo seu vice, Felipe Wellaton(Cidadania), o vereador Marcelo Bussiki(DEM) e pelo parlamentar reeleito e vice-presidente do Podemos na capital, Dilemário Alencar.

Abílio fez questão de frisar aos jornalistas, que esta eleição foi marcada por muita desinformação e uma enxurrada de fakes news contra ele. Prova disto, que teria assegurado junto á Justiça Eleitoral, 30 minutos como direito de resposta no programa eleitoral, inclusive, veiculado neste domingo. Apontando que seu adversário, Emanuel Pinheiro e seus apoiadores falaram contra sua fé, contra sua igreja, a Assembleia de Deus e teriam até fabricado um 'falso padrasto' para ele, como forma de denegrir sua imagem.

Contudo, ele chega ao final deste pleito certo de ter cumprido sua parte, ao mostrar suas propostas, em uma agenda política em favor da população cuiabana.

"Fizemos nossa parte, mostramos nossas ideias, nossas propostas. Mostramos a questão da corrupção [...] Assim, hoje, é o dia que a população será o juiz. Hoje a população tomará a decisão se vale a pena continuar com uma pessoa envolvida em escândalos, ou se ela aceita uma nova proposta melhor para administrar a prefeitura.

Outro lado

As acusações do candidato do Podemos quanto ao uso de carros da câmara e prefeitura para transportar eleitores neste segundo turno das eleições foram rebatidas pelo juiz Geraldo Fidelis, da 1ª Zona Eleitoral de Cuiabá.

De acordo com o magistrado, a Justiça Eleitoral convocou outros poderes e entidades para dar auxílio nestas eleições. “Não só do município, mas do Ministério Público, do Estado, da UFMT. São vários”, disse o juiz.

Veja vídeo