Quarta-feira, 12 de Junho de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 29 de Maio de 2023, 14:27 - A | A

Segunda-feira, 29 de Maio de 2023, 14h:27 - A | A

PROTAGONISMO NO AGRONEGÓCIO

Assembleia instala Câmara Setorial para aproximar relação entre Mato Grosso e China

Da Redação do O Bom da Notícia/Com Assessoria

Nesta segunda-feira (29),  a Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso, ALMT, realiza a cerimônia de instalação e posse da Câmara Setorial Temática das Relações Mato Grosso-China

O estado detém protagonismo no agronegócio brasileiro, que é uma das pautas de maior relevância e de máxima prioridade nas relações entre o Brasil e a China. É o principal segmento responsável pelo fluxo econômico recordista entre as duas nações, com superávit brasileiro bilionário. Thomas Law tomará posse como membro da Câmara Temática para reforçar os laços entre os países. 

O que acha de marcarmos um papo com Thomas? Ele poderá trazer um overview sobre a câmara setorial e os próximos passos para o desenvolvimento da relação sino-brasileira. Abaixo compartilho uma mini bio de Thomas: 

Sobre o Thomas Law 

Thomas Law é doutor em Direito Comercial pela PUC/SP, sócio-proprietário do escritório de advocacia que leva seu nome, presidente da Coordenação Nacional das Relações Brasil-China da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), do Instituto Sociocultural Brasil-China (Ibrachina) e fundador do hub de inovação Ibrawork, além de diretor do Centro de Estudos de Desenvolvimento Econômico e Social da Universidade de São Paulo (USP). 

O Ibrachina tem como finalidade promover a integração entre as culturas e os povos do Brasil, China e de países que falam a língua portuguesa. O Instituto atua em parceria com universidades, entidades e associações, além de fazer parte das Frentes Parlamentares Brasil/China, BRICS, criadas pela Câmara dos Deputados, e de Cooperação Política Cultural entre Brasil, Chia, Coreia e Japão, da Câmara Municipal de São Paulo. Já o Ibrawork é um centro de inovação com foco em smarts cities e oferece suporte para criação de incubadoras e programas de aceleração, promoção de hackathons, pesquisa e desenvolvimento, além da criação de startups.