Domingo, 19 de Maio de 2024

POLÍTICA Domingo, 13 de Novembro de 2022, 18:40 - A | A

Domingo, 13 de Novembro de 2022, 18h:40 - A | A

2º TURNO DA ELEIÇÃO PRESIDENCIAL

Beto Dois a Um refuta ilegalidade e aponta relatório de eleições sem fraudes das forças armadas

Luciana Nunes/ O Bom da Notícia

O deputado estadual eleito nestas últimas eleições realizadas em 2 de outubro, Beto Dois a Um (PSB), disse  nesta última quinta-feira (10) - em entrevista ao Podcast Tudo&Política -, que o relatório das Forças Armadas reforça a legalidade do segundo turno das eleições presidenciais. Ao apontar que não houve fraudes na vitória de Luiz Inácio Lula da Silva(PT), que assegurou mais de 2 milhões de votos de frente contra o presidente Jair Bolsonaro(PL), que buscava a reeleição pelo comando do Palácio do Planalto.

Vale lembrar que Ministério da Defesa enviou nesta última quarta-feira (9), ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), relatório de fiscalização produzido pelos técnicos militares sobre o processo eleitoral brasileiro, descartando irregularidades no pleito. Ainda que no documento apontem que não teriam recebido total abertura do TSE para a implantação de mudanças práticas. Assim, o relatório, de uma certa forma, não seria conclusivo, nem peremptório, ao pedir algumas mudanças da Corte Eleitoral.

"Eu acho que os resultados foram claros. Tivemos o relatório das Forças Armadas, mais um órgão importante que informou que não houve nenhuma ilegalidade e, nem tampouco, fraude nas eleições. Assim, não faz sentido pensar algo ao contrário. Não condiz com o meu jeito de pensar, tanto para a vida quanto para política”, disse. 

A declaração de Beto Dois a Um foi feita em referência às manifestações iniciadas pouco depois dos resultados das eleições presidenciais, ainda no dia 30 de outubro. Quando apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) se reuniram por todo o país pedindo a anulação do pleito e intervenção das Forças Armadas. Os protestos por um bom tempo obstruiram várias rodovias brasileiras, inclusive estradas em Mato Grosso.

Importante aliado do governador Mauro Mendes (UB), Beto Dois a Um atuou como secretário de Estado de Cultura, Lazer e Esporte e entre julho de 2020 até abril de 2022. Durante sua passagem na Secel, em meio à pandemia, o gestor acumulou resultados positivos, como o desencadeamento do Projeto Olimpus (Bolsa Atleta), a ativação do Pontos de Esporte e Lazer, entre diversos editais com cunho social e empreendedor. Além disso, ajudou a colocar a Arena Pantanal, como um dos principais complexos esportivos do país, recebendo eventos como Copa América e final da Supercopa do Brasil. 

Beto também foi secretário de esporte de Mauro Mendes em Cuiabá, quando o governador era prefeito.

“Quando eu falo do governador Mauro Mendes, eu falo com muita gratidão. Ele é um cara com quem aprendi muito. Assim, tenho um carinho e um respeito enorme por ele. Para mim o maior governador da história de Mato Grosso, foi Mauro Mendes", ainda disse.