Sábado, 18 de Maio de 2024

POLÍTICA Domingo, 31 de Março de 2024, 16:44 - A | A

Domingo, 31 de Março de 2024, 16h:44 - A | A

BRIGA NA JUSTIÇA

Botelho diz que vai judicializar ataques de adversários pois ‘não tem tempo para conversa fiada’

Evelyn Siqueira/ O Bom da Notícia

O presidente da Assembleia Legislativa Eduardo Botelho (UB) - igualmente, pré-candidato este ano à Prefeitura de Cuiabá - afirmou durante conversa com jornalistas, esta semana, que não irá rebater críticas e ataques de adversários, na disputa eleitoral pelo comando do Palácio Alencastro.

Segundo Botelho, ele não tem tempo para ‘conversa fiada’, pois seu intuito é trabalhar por melhorias na capital.

“Na questão de críticas e ataques, eu não irei ficar respondendo, pois não tenho tempo para isso! Temos que arrumar Cuiabá e trabalhar. Portanto, não tenho tempo pra ficar respondendo à conversinha fiada”

Contudo, ainda de acordo com Botelho, ele judicializará todos os 'ataques covardes e mentirosos’. Ao recomendar aos adversários para que façam suas campanhas com ‘propostas e verdades’ e longe de mentiras.

“Agora os ataques covardes e mentirosos serão debatidos na Justiça. Todos eles serão judicializados. O  TSE fez uma determinação que as mentiras e Fake News precisam ser duramente combatidas, então, eu aconselho os candidatos a andar em cima de propostas e verdades. Chega de mentiras, chega de ataques e brigas, pois nós não queremos isso, queremos construir uma Cuiabá melhor!”.

Vale lembrar que no início desta semana, o deputado federal, Abílio Brunini (PL) sofreu um revés na Justiça por espalhar fake news relacionada a Botelho. 

Na ocasião, a Justiça determinou que o aplicativo X. antigo Twitter, removesse três links de conteúdos postados pelo deputado federal. E lhe deu um prazo de 24 horas para cumprir a decisão, sob pena de multa diária de R$ 5 mil, em caso de descumprimento.

O aplicativo X também foi notificado que, em caso de descumprir a decisão, terá de pagar uma multa diária de R$ 30 mil.