Quarta-feira, 17 de Julho de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 17 de Abril de 2023, 09:44 - A | A

Segunda-feira, 17 de Abril de 2023, 09h:44 - A | A

AGENDA BILATERAL

Carlos Fávaro cumpre agenda na Inglaterra a partir desta segunda

O Bom da Notícia/com Assessoria

inistro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro cumpre agenda oficial em Londres (Inglaterra), onde estão sediados organismos internacionais de interesse do agronegócio brasileiro, a partir desta segunda-feira (17).

Diretamente da capital britânica, o ministro participa, remotamente, do anúncio da nova linha de financiamento do agro junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), às 14h30.

Na programação está um encontro com a diretora executiva da Organização Internacional do Café, a brasileira Vanúsia Nogueira - primeira mulher a ocupar este cargo desde a criação da OIC, em 1963. O novo Acordo Internacional do Café 2022 deverá ser um dos temas a serem tratados na terça-feira (18).

A agenda bilateral com o Reino Unido inclui um encontro com a Secretária de Desenvolvimento, Alimentação e Assuntos Rurais, Thérèse Coffey, previsto para a quarta-feira (19).

Em seguida, Fávaro visita a Organização Internacional do Açúcar, quando será recebido pelo diretor executivo da instituição, o guatemalteca José Oribe.

Na sexta-feira (21), o ministro Carlos Fávaro realiza a abertura do painel “A Força do Brasil para a Segurança Alimentar do Mundo”, na Lide Brazil Conference, que tem como tema central as oportunidades do Brasil no Reino Unido e na União Europeia.

Comércio bilateral

O comércio bilateral entre Brasil e Reino Unido atingiu US$ 6,45 bilhões em 2022, quase 15% superior ao valor do ano anterior. As exportações totais brasileiras alcançaram US$ 3,66 bilhões e as importações totais foram de US$ 2,78 bilhões, resultando num superávit de US$ 880 milhões em favor do Brasil.

As exportações do Agronegócio brasileiro para o Reino Unido cresceram 37,9% em valor em 2022, evoluindo de US$ 1,31 bilhão no ano anterior para US$ 1,80 bilhão. Ou seja, a participação do agronegócio no total exportado pelo Brasil ao Reino Unido foi de 49,3%. Tendo em vista que o Reino Unido importa quase 50% dos alimentos e bebidas que consome, o Brasil tem claro potencial para aumentar sua participação como exportador de produtos agropecuários ao mercado britânico.