Terça-feira, 28 de Maio de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 06 de Dezembro de 2022, 10:41 - A | A

Terça-feira, 06 de Dezembro de 2022, 10h:41 - A | A

VEJA VÍDEO

Dilemário volta a denunciar caos em administração e pede intervenção na Saúde da Capital

Luciana Nunes/ O Bom da Notícia

Ferreno opositor da administração do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro(MDB), o vereador do Podemos, Dilemário Alencar, publicou um vídeo nas redes sociais onde mostra um cidadão que não consegue atendimento, após uma cirurgia realizada no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) que lhe ocasionou severas complicações.

Ao apontar o caso do paciente, o parlamentar municipal voltou a pedir intervenção na Saúde da Capital como, aliás, vêm fazendo já algum tempo por conta de uma série de problemas que a Pasta acumula, como deixar suas unidades como policlínicas e UPAs sem medicamentos, médicos e insumos.

"A gestão do atual prefeito destruiu a saúde de Cuiaba. Todos os dias recebo esse tipo de denúncias sobre as péssimas condições que se encontram as unidades de saúde, como também de pacientes que sofrem com a falta de remédios, médicos, exames e cirurgias. A saúde odontológica também está um caos", desabafou. 

Dilemário explicou que em maio encaminhou oficio ao Ministério da Saúde solicitando intervenção federal e que, em setembro, o Ministério Público solicitou à Justiça mato-grossense pedido de intervenção com base em graves denúncias relatadas pelo Sindicato dos Médicos.  

“É público e notório que a Saúde de Cuiabá se encontra em iminente estado de calamidade pública. Milhares de pessoas todos os dias estão perecendo nas UPAs, HMC, policlínicas e demais unidades de saúde devido à falta de remédios, insumos, médicos, exames, cirurgias e falta de leitos de UTI", disse.

O parlamentar de oposição diz que tal forma não é por falta de dinheiro e defende que o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) seja punido. 

"E toda essa situação não é por falta de dinheiro, pois somente neste ano a secretaria de saúde já gastou mais mais de R$ 1 bilhão do seu orçamento. O prefeito tem que ser punido por esse caos! É por isso que estou defendendo que a justiça decrete intervenção na saúde municipal de saúde", disse também. 

Por fim, o parlamentar  pontuou que o caos existente é devido a uma gestão incompetente e leniente com a corrupção, onde secretário foi preso, outros dois afastados pela Justiça e alvos de diversas operações policias pela Delegacia de Combate a Corrupção.

“Tem que haver uma medida urgente para dar fim à gestão incompetente e leniente com a corrupção na Secretaria de Saúde. Recebo todos os dias dezenas de reclamações de pessoas pedindo socorro nas unidades de saúde", disse.

Veja vídeo