Quarta-feira, 12 de Junho de 2024

POLÍTICA Sexta-feira, 21 de Agosto de 2020, 07:48 - A | A

Sexta-feira, 21 de Agosto de 2020, 07h:48 - A | A

TROCA DE FARPAS

"Eu só briguei com prefeito ruim", diz governador após uma serie de brigas com Pinheiro

Rafael Martins/ O Bom da Notícia

O embate entre o governador Mauro Mendes (DEM) e o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) parece que está bem longe do fim. O democrata aproveitou em suas declarações feitas em conversa com jornalistas - em coletiva no  Centro de Triagem -, nesta quinta-feira (21), para voltar a criticar Pinheiro. De acordo com o gestor estadual, ficou bem claro nesta  pandemia, que ele[Pinheiro], não trabalhou em prol da sociedade. 

Ainda de acordo com o governador, ele[governador] só entrou em desavença com quem não realizou um bom trabalho de atenção básica ao novo coronavírus. 

O embate entre Mendes e Pinheiro parece que não terminou. E agora, durante período pré-elitoral irá aflorar novamente

"Eu só briguei com prefeito ruim e sempre elogiei os bons prefeitos de Mato Grosso. Esse trabalho aqui (no Centro de Triagem) é porque a saúde, na atenção básica de Cuiabá, não estava funcionando. E quem está afirmando isso são as pessoas que estão vindo aqui", alfinetou.

 O democrata ainda citou  que a maioria dos atendimentos registrados no Centro Triagem são de pacientes de Cuiabá. E também comparou a capital com Várzea Grande, que tem um número menor de atendimentos, ou seja, confirmando que o atendimento na atenção básica na cidade vizinha funciona. 

Mendes, por fim, completou que uma parcela dos prefeitos vem agindo de forma inaceitável perante os problemas da pandemia, contudo, reconhece quem faz um bom trabalho.

"Dos 141 prefeitos tem uma boa parte que é boa, mas tem uma parte desses que não trabalha, que não faz nada, que conversa muito e não entrega resultado, e nessa pandemia isto ficou muito claro. Eu elogio sempre quem é sério, quem trabalha muito e vou sempre criticar sim quem não age corretamente. Principalmente com dinheiro público." explanou.