Terça-feira, 23 de Julho de 2024

POLÍTICA Sábado, 11 de Novembro de 2023, 08:17 - A | A

Sábado, 11 de Novembro de 2023, 08h:17 - A | A

NOVA ONDA DE CALOR

Fabinho apresenta Projeto que institui Plano de Contingência para amenizar o calor em MT

Entre as principais ações, o PL prevê linhas de crédito para compra de aparelhos de ar-condicionado

Da Redação do O Bom da Notícia/Com Assessoria

Com objetivo de amenizar os impactos das altas temperaturas registradas anualmente em Mato Grosso, o deputado estadual Fabio Tardin “Fabinho” (PSB), apresentou na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei nº 2159/2023, que institui o Plano de Contingência para Ondas de Calor, visando promover ações alternativas, proporcionando melhores condições de saúde à população.

Fabinho explicou que entre as ações previstas no projeto, estão o subsídio de linhas de crédito para a população de baixa renda, possibilitando a aquisição de ventiladores e aparelhos de ar-condicionado, além da ampliação dos benefícios da Tarifa Social de Energia Elétrica, nos meses de maiores índices de calor.

“A população de baixa renda é a mais afetada pelo calor extremo, com moradias precárias, falta de acesso à eletrodomésticos de resfriamento e as altas taxas de energia, contribuem para a vulnerabilidade neste período. Sem falar, nas pessoas em situação de rua, crianças e idosos que também estão entre os grupos mais vulneráveis, e de acordo com as estimativas a tendência do calorão, é piorar”, disse o deputado.

Sobre outros importantes benefícios que constam na proposta, Fabinho destacou a “climatização de 100% das Escolas Públicas do Estado; o fornecimento de kits de proteção contra o calor (bonés, protetores solares, etc); além de viabilizar a abertura de tendas em pontos estratégicos da cidade, com a oferta de água e espaços ventilados para permanência da população durante o dia”.

Nova Onda de Calor

De acordo com a previsão do instituto “ClimaTempo”, as temperaturas vão subir nos próximos dias em Cuiabá e os termômetros poderão registrar até 48°C. A expectativa é de que as temperaturas quebrem o recorde histórico em novembro, com máximas que podem subir até o fim do mês.