Sábado, 25 de Maio de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 15 de Abril de 2024, 13:50 - A | A

Segunda-feira, 15 de Abril de 2024, 13h:50 - A | A

NESTA TERÇA

Lider do UB na Câmara de Vereadores, Michelly Alencar é a convidada do Cast do Bom

Marisa Batalha/Luciana Nunes/O Bom da Notícia

A vereadora e jornalista Michelly Alencar (UB) é a entrevistada desta terça-feira(16), do Cast do Bom, no estúdio do O Bom da Notícia, às 17h30, ao vivo pelas redes sociais. Recém-escolhida como líder do União Brasil, na Câmara de Vereadores, Michelly - ainda que no primeiro mandato - ganhou bastante visibilidade por conta de sua atuação no parlamento, realizando uma fiscalização acirrada contra a administração do prefeito da capital, Emanuel Pinheiro(MDB).

E neste ano eleitoral, assumidamente, buscando sua reeleição na Câmara, no Cast, Michelly Alencar vai compartilhar com os internautas sobre os trabalhos que têm realizado na Casa de Leis e as expectativas, obviamente, do seu partido, sobre quantos vereadores da sigla vão estar em 2025 no parlamento. Já que hoje são, ao todo, quatro. Ou seja, além dela e de Cezinha Nascimento, vieram para o União com a janela partidária os vereadores Dr.Luiz Fernando e Dilemário Alencar.  E, claro, se ela à exemplo de outros correligionários já vestiu a camisa do pré-candidato da legenda, o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botellho, que disputa o comando do Palácio Alencastro nestas eleições de outubro.

Na última quinta-feira(11), a vereadora acabou virando notícia nacional por conta de uma fala polêmica, durante sessão na Câmara de Cuiabá, ao afirmar já ter sido vítima de preconceito diversas vezes por ser uma mulher branca. Ao se contrapor às declaraçõe da colega de parlamento, Edna Sampaio(PT), que aponta já há um certo tempo que tem sido constantemente alvo de violência política de gênero e por ser negra.

"Quantas vezes eu fui vítima por ser branca, pelo fato de eu ser contra alguns posicionamentos! Eles dizem: é porque ela não entende, ela é branca. Ela vai votar contra a vereadora porque a vereadora é negra. Não é isso. Eu quero defender o meu direito ao voto e o meu direito de posicionamento”.

A declaração de Michelly ocorreu em votação que decidiu pelo arquivamento do pedido de Comissão Processante contra o vereador Chico 2000 (PL) por suposta violência de gênero contra a vereadora petista.

Ao O Bom da Notícia, Alencar ressaltou que teria sido mal interpretada e que jamais defenderia a 'branquitude', sob o olhar daquela racialidade construída sociologicamente para legitimar a violência contra grupos sociais não-brancos. E, nem tampouco, foi sua intenção realizar um racismo inverso, ou seja, se colocar na condição de vítima por conta de ser branca. Ao assegurar que, aliás, abomina narrativas pautadas na supremacia branca que tem o intuito de banalizar a luta de pessoas racializadas e colocar os individuos brancos como vítimas.

Assim, somente teria emitido sua posição na Casa de Leis. Admitindo, porém, que aprendeu como jornalista, que todas as vezes que alguém lê algo ou ouve e não entende, a situação precisa ser melhor explicada para não ser criado um 'ruido na comunicação'.

Michelly Alencar Neves trabalhou por 12 anos na TV Centro América, é casada com o secretário de Estado de Cultura e Esporte, Jefferson Neves, tem três filhos, sendo dois biológicos e um de coração.

O 'Cast do Bom' vem sendo comandado já há mais de quatro anos pelos jornalistas Edivaldo Ribeiro, diretor do portal e apresentador do Programa Cadeia Neles, na TV Vila Real e por Marisa Batalha, editora-chefe do site.