Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 18 de Julho de 2023, 11:00 - A | A

Terça-feira, 18 de Julho de 2023, 11h:00 - A | A

BOTELHO GANHARIA NO 2º TURNO

Pesquisa MT Dados aponta Abílio e Botelho empatados na disputa pela Prefeitura de Cuiabá

Luciana Nunes/ O Bom da Notícia

Pesquisa realizada pelo Instituto MT Dados mostra o deputado federal Abílio Brunini (PL) e o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho (UB), no topo da preferência do eleitor no pleito de 2024, na disputa pela Prefeitura de Cuiabá, em 2024.

Na modalidade espontânea, onde os entrevistados dão os nomes dos candidatos de sua preferência, Abílio lidera com 16%. Em segundo lugar, aparece Eduardo Botelho, com 13%, seguidos por Lúdio Cabral (PT) (5%), José Roberto Stopa (PV) (3%), Fábio Garcia (2%) (UB) e Ulysses Moraes (Podemos) (1%). Não souberam ou não quiseram responder são mais de 52%. Brancos e nulos somam 6%.

O cenário se equilibra na modalidade estimulada[quando são apresentados os nomes dos pré-candidatos]. Assim, Abílio e Botelho aparecem empatados com 23%, seguidos por Stopa (5%), Fábio Garcia (4%) e Ulisses (1%). Brancos e nulos são 10% e não souberam ou não quiseram responder somam 34%.

Segundo turno

Para o segundo turno das eleições municipais da capital, nos quatro cenários apresentados, Eduardo Botelho aparece vitorioso.

Contra Abílio, Botelho venceria com 29% contra 26%. Nulos e brancos são 12% e não souberam ou não quiseram responder somam 33%.

Já em um cenário enfrentando Lúdio Cabral, Botelho vence com 34% contra 11% do deputado petista. Nulos e brancos são 15% e não souberam ou não quiseram responder somam 40%.

No embate entre Botelho Fábio Garcia, que disputam dentro do União Brasil quem será o candidato da sigla ao pleito, em Cuiabá, o presidente da Assembleia aparece com 33%, contra 8%.  Nulos e brancos somam 16%, e não souberam ou não quiseram responder são 43%.

No último cenário contra Stopa, Botelho vence com 35% contra 6% de Stopa. Nulos e brancos são 17% e não souberam ou não quiseram responder somam 42%.

A pesquisa 

A pesquisa do instituto MT Dados foi realizada entre os dias 08 a 12 de julho e ouviu 1.080 cuiabanos. A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais para mais ou para menos e tem um nível de confiança de 95%.