Sábado, 20 de Julho de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 09 de Maio de 2023, 17:40 - A | A

Terça-feira, 09 de Maio de 2023, 17h:40 - A | A

DIZ VEREADOR

“Prefeito deveria preocupar com pastas que ainda permanecem sob sua gestão”

Da Redação do O Bom da Notícia com Assessoria

Sobre o processo de julgamento que o Supremo Tribunal Federal iniciou na última sexta-feira (05) com previsão de encerramento na próxima sexta-feira (12), para julgar pedido da prefeitura para suspender a Intervenção na Saúde de Cuiabá, o vereador Dr. Luiz Fernando (Republicanos) disse que o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), ao invés de estar entrando com liminar, deveria estar se preocupando com outras pastas que ainda permanecem sob a administração dele, especialmente com a Secretaria de Serviços Urbanos (transformada Limpurb).

“O prefeito deveria estar preocupado com as condições precárias das ruas da cidade e sujeira encontrada por todos os lados. Encontrar soluções para que o cidadão tenha a dignidade de trafegar sem furar pneus, quebrar suspensão do carro e sofrer acidentes”, observou o parlamentar ao ressaltar que nesses mais de 50 dias do procedimento que está definido para se manter por um período de 90 dias, é notória a melhora dentro do sistema, desde a atenção primária relacionada aos postos de saúde, a atenção secundária que diz respeito às Upas e policlínicas, a atenção terciária no que compete aos hospitais são Benedito e Hospital Municipal de Cuiabá (HMC).

Dr. Luiz Fernando também assinalou sobre o montante economizado para os cofres públicos que refletiu diretamente no bem estar de todos, vez que foram suspensos contratos com indícios de superfaturamento e direcionamento de forma fraudulenta. “Essa economia ultrapassou mais de R$ 22 milhões de reais que foram implementados principalmente na falta de medicamento que era algo que vinha acontecendo de maneira rotineir. Foram investidos mais de R$ 15 milhões de reais em medicações que hoje já atende a demandas de quase toda a nossa Saúde. Então quero parabenizar a gestão da Intervenção por estar realmente dando transparência no serviço prestado”, reconheceu.

O vereador ainda reconheceu que o trabalho da Intervenção está solucionando a problemática da falta de médicos que era muito comum, principalmente pediatras. “Além disso, as empresas terceirizadas estão recebendo em dia pelos serviços prestados e também, logo em breve será entregue a 4ª Upa de Cuiabá, Upa Leblon”, contextualizou.

Desde o dia 15 de março, a Saúde de Cuiabá está sob o comando de Daniella Carmona, indicada pelo Estado, no ponto de vista do vereador que há mais de 20 anos é médico, a Intervenção deve ultrapassar 180 dias, até mesmo porque em 90 é impossível resolver todos os dilemas.