Quinta-feira, 13 de Junho de 2024

POLÍTICA Sábado, 07 de Novembro de 2020, 07:00 - A | A

Sábado, 07 de Novembro de 2020, 07h:00 - A | A

DIFERENCIAL

Prefeitura de Cáceres inaugura aparelho de energia solar

O Bom da Notícia

A prefeitura de Cáceres inaugurou na manhã de sexta-feira,6, um aparelho de energia solar que proporciona a obtenção de energia limpa por meio de captação do sol, com um diferencial, os painéis se movem na direção da maior incidência de raios solares, é o sistema Smartflower, que tem o formato de uma flor e usa tecnologia inteligente.

Na presença de diversas autoridades civis e militares, o evento contou com a participação do Consul da Bolívia em Cáceres, Jose David Shriqui Rapp.

Segundo o prefeito Francis Maris Cruz, o aparelho instalado no museu de Cáceres é o primeiro na região centro-oeste e o único em órgãos públicos no Brasil. Francis destaca que este aparelho é 40% mais eficiente na captação de energia solar e vai ser utilizado para abastecer os 740 metros de construção do Museu de Cáceres Emília Darci Cuyabano.

“O excesso podemos transferir para qualquer prédio público, mas não é só isso, teremos ao lado do museu outro atrativo turístico de visitação. Ele é muito bonito”, comemora Francis Maris.

Leia mais: Governador sanciona lei que mantém verba adicional aos servidores da linha de frente da Saúde
O prefeito salientou que a sua administração se preocupa com sustentabilidade, aquecimento global e preservação do meio ambiente. “Estamos construindo a maior usina fotovoltaica em prédios públicos do Brasil colaborando para a geração de energia limpa e renovável. Esta flor inteligente que inauguramos hoje, faz parte dela”, destacou Francis.

Os proprietários empresa Isofen, responsável pela usina fotovoltaica, Weslei Silva Mendonça e Leonardo Sami, prestigiaram a inauguração e previram o funcionamento dela para o mês de dezembro.

O engenheiro Eletricista da Prefeitura de Cáceres, Bruno Renostro, fez uma apresentação técnica da smartflower e da usina geradora de energia fotovoltaica, aprovando a nova tecnologia, que coloca Cáceres como uma referência no Brasil por utilizar energia renovável.
“A administração municipal confirma sua preocupação com o meio ambiente ao construir uma usina de energia fotovoltaica na sede da prefeitura, e que vai gerar de 2.335kWp para atender todos os órgãos municipais. A estimativa é uma economia de R$ 500 mil mensais aos cofres públicos e um alento ao meio ambiente, pois vai captar uma energia limpa, sem impactos e renovável”, finalizou Bruno.